Pular para o conteúdo principal

Studio Architeotnika Nomad ousa com loft contemporâneo e jardim a céu aberto para CASACOR PR 2021

Mobiliário brasileiro assinado, integração e jardim de inverno a céu aberto são destaques do ambiente.

Transmitir conforto e comodidade para usufruir ao máximo dos momentos que um lar pode proporcionar, esse é o conceito do Loft com Varanda, assinado pelos profissionais Ary Jacobs, Renan Mutao e Bianca Moraes, do Studio Architetonika Nomad, para a CASACOR Paraná 2021. Em sua segunda participação na mostra de arquitetura, design e decoração, o escritório apresenta um espaço de 120 m² marcado pelo estilo contemporâneo, mobiliário brasileiro assinado e atmosfera aconchegante.


A área social integra hall de entrada; cozinha com bar e adega; estar; e varanda, em uma proposta que conecta e estimula a convivência de todos os moradores e visitantes do loft, mesmo que estejam vivenciando situações diferentes. Com uma arquitetura de interiores despojada, o espaço ganha linhas puras e materiais naturais que exalam modernidade sem perder o tom intimista.


Destaque do loft, a varanda a céu aberto é um convite aos bons momentos! Um verdadeiro paraíso para os amantes de espaços verdes, o ambiente é responsável por inundar o local de luz natural. Além disso, a parede de tijolos aparentes, o mais elementar dos materiais da construção, confere atemporalidade e mantém uma relação franca entre os visitantes e o espaço construído, diversificando a paleta dos materiais.


Assinatura do Studio, a curadoria de objetos decorativos e obras de arte não poderia faltar no projeto, trazendo pontos de cor que contrastam com o efeito de cimento queimado das paredes e o piso de granito apicoado e escovado, da PR Grupo Paraná. Vale o destaque para os objetos garimpados na Oda Design, que contextualizam a essência do Loft. No social, o momento de leitura fica ainda mais convidativo com a poltrona Fardos, do atelier Ricardo Fasanello –  Momenttum loja. Os ambientes ganham um toque extra de conforto com a tapeçaria artesanal da Botteh Handmade Rugs, que também auxiliam a delimitar os espaços.

   

No forro, o revestimento acústico Swissclic, da Divisystem, traz ainda mais textura ao interior e condiz com o mobiliário planejado da cozinha Bontempo, que recebeu bancadas da linha Lastras da Porcelanateria, da Portobello. O ambiente também recebe revestimento de azulejos irregulares, da linha Casablanca Riviera, com uma paleta de cores aquarelada e aspecto sofisticado – material que se repete no banheiro e dá tom à linguagem visual do loft. O toque final fica por conta da adega oculta sob um generoso bar iluminado, disposto ao lado da mesa de jantar de modo que os drinques possam sempre se tornar ótimos acompanhamentos.

 



   

Na área íntima, a cama executada especialmente para o projeto pela Sleep Store Concept ganha destaque devido à leveza de seu revestimento sem emendas, assim como os lençóis em tom rosa antigo, da MMartan Pátio Batel, que a veste. O banheiro, em estilo resort, se conecta ao dormitório e home office banhados pela luz natural farta da varanda contígua. A tranquilidade exalada pelo loft é extraída do conjunto bem orquestrado de elementos que compõem o projeto de interiores, assinatura do Studio Architetonika Nomad.

Fotos: Patricia Amancio.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual