Pular para o conteúdo principal

Sabores da Índia e Itália se misturam no Curry Pasta

 Restaurante comandado pelo chef Rafael Lafraia apresenta a cozinha de fusão, com pratos que surpreendem o paladar mais exigente.

Aberto em março de 2020, o Curry Pasta só pôde ser inaugurado oficialmente nesta semana, na segunda-feira (13), cerca de um ano e meio depois, por causa da pandemia. Nada que abalasse os planos do idealista chef Rafael Lafraia, que comanda a cozinha do charmoso restaurante. “A pandemia foi um soco no estômago, mas abrir o Curry Pasta era o meu sonho, direcionei todos os meus recursos para isso”, conta.

A boa gestão do chef, que é formado em tecnologia da informação, fez com que o restaurante se mantivesse ativo durante os meses de restrição de atividades comerciais, funcionando nas modalidades delivery e take away. Durante uma viagem ao Canadá, Lafraia trabalhou com o renomado chef Sanjay, de 2012 a 2015. “Lá tive experiência de gestão e aprendi os processos de um restaurante, na prática. Foi um aprendizado crucial para que eu me tornasse um chef”, acrescenta.

O Curry Pasta apresenta a cozinha de fusão, que pode ser percebida quando uma referência do Ocidente e uma do Oriente estão bem explícitas no paladar. “No nosso caso, as especiarias e a explosão de sabores da culinária da Índia, com as massas da Itália. Essa é a fusão que o cliente encontra nos pratos do Curry Pasta”, explica o chef.

Por falar em curry, o chef esclarece o nome do restaurante que faz referência justamente a infinidade de propostas e misturas que podem ser feitas na cozinha. “Curry significa mistura, na Índia cada família tem o seu curry, cada vó tem a sua receita de curry”.

Dentro da cozinha do Curry Pasta, Rafael Lafraia tem de 40 a 50 especiarias, que quando misturadas dão aos pratos os toques e sensações desejados, como leveza, intensidade e frescor. “Não trabalho necessariamente com pimentas, que é o que as pessoas muitas vezes associam ao ouvir a palavra curry”, complementa o chef.

Parceria de sucesso

Depois que voltou do Canadá, Rafael Lafraia começou a se arriscar na gastronomia. Passou alguns meses em São Paulo, outros em Porto Alegre, participando de eventos, mas voltou para a área de TI por três anos, até perceber que não era mais o que queria fazer. Nos finais de semana já cozinhava para a família, amigos, a mãe e a namorada, hoje esposa. “Eu levava comida para o pessoal do escritório e eles diziam que se eu fizesse mais eles compravam. Eram os primeiros currys”, explica.

Em seguida, Lafraia se inscreveria no circuito de feiras gastronômicas de Curitiba, vendendo 70 pratinhos por noite. Depois de um ano rodando as feiras, os clientes perguntaram se ele tinha um restaurante. Não tinha. Foi aí que ele abriu o delivery na Rua Jacarezinho, nas Mercês, em 2019, e entrou para o curso de chef no Centro Europeu.

“Saindo de uma aula o Dudu estava sem carro, dei uma carona para ele, logo ficamos amigos. Apresentei meus currys para ele, porque o delivery funcionava perto do Ernesto e a partir dali foi tudo muito rápido, tanto que semanas depois estávamos procurando ponto para abrir o Curry Pasta, em sociedade”, conta sobre a parceria com o sócio Dudu Sperandio.

Rafael Lafraia e Dudu Sperandio. Crédito: Wagner Melo

Quem comanda a cozinha e está no dia a dia do Curry Pasta é Rafael Lafraia, mas o restaurante, como ele faz questão de ressaltar, só existe por causa da parceria de sucesso e da experiência gastronômica de Dudu Sperandio.

“O Dudu é um cara de sucesso, com dez anos de experiência no mercado, o Ernesto está bombando e eu precisava aprender com um cara fera. O Curry Pasta cresceu e é um restaurante graças ao apoio e incentivo dele”, afirma. “A gente se completa nas nossas diferenças, como os melhores currys”, finaliza.

Serviço:

Curry Pasta

Endereço: Rua Manoel Ribas, 750 – Mercês

Horário: Terça a Domingo - almoço

Terça a Sábado - almoço e jantar

Ter e Quarta – 11h30 às 22h

Quinta, Sexta, Sábado – 11h30 às 23h

Telefone de contato – (41) 99997-2053 

Fotos dos pratos: Fernando Zequinão 

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual