Pular para o conteúdo principal

Deliciosas opções para a tarde no Mezmiz

 Sabe aquela pausa à tarde para um delicioso café que geralmente damos quando estamos viajando? Ou ainda aquele restaurante que amamos e que após a refeição queremos curtir um pouquinho mais, sem pressa? Que tal trazer esse momento para o cotidiano, onde quer que a gente esteja? 


Se tem uma coisa que aprendemos com a pandemia é aproveitar os pequenos detalhes da vida e criar momentos especiais. Isso, aliado a tradição árabe que deu a importância cultural ao café e o difundiu no mundo, fez o Mezmiz criar essa experiência.

 

O Restaurante Mezmiz, em seu novo formato, trouxe para a cidade um novo conceito de comfort food, com horário de atendimento estendido, das 11h às 23h, o restaurante ampliou suas possibilidades. E claro, que isso inclui a tarde e suas deliciosas opções para uma reunião de trabalho, ou uma agradável conversa de amigos, para um docinho “fora de hora porque a gente merece”, uma taça de vinho ao final do dia, ou simplesmente um café. “A ideia foi criar um ambiente funcional, que as pessoas possam em segurança ter como opção gastronômica o dia todo e assim usufruir o Mezmiz da melhor maneira possível”, explica Vaneska Berçani, sócia-proprietária da casa.

 

Entre uma reunião e outra, durante as diversas pausas do dia, por que não se sentar em uma mesa aconchegante e curtir um delicioso café com um doce árabe em um espaço agradável e projetado com toda segurança que o momento exige?! Importante lembrar que para muitas descendências, estar à mesa com quem amamos é fundamental para uma vida plena e feliz, e o Mezmiz e sua culinária árabe trazem isso em seu DNA.

 


Perfeito também para qualquer hora do dia, no cardápio do Mezmiz agora tem o café para todos os gostos.  Desde o tradicional café espresso, o chocolate quente, o capuccino, café filtrado hario-60 e o inusitado café árabe com cardamomo servido no Ibrik (bule árabe), disponíveis durante todo o dia. “Vale a pena experimentar o café com os doces árabes, tanto os folhados quanto o namura, tradicional bolo de semolina, harmonizam muito bem com o café”, conta Vaneska Berçani.

 

É sempre bom unir a gastronomia e bons hábitos em nossa rotina diária. Há relatos históricos que foi no século XIII que nos países árabes surgiram as primeiras casas especializadas em servir o café. Agora, o Mezmiz traz a experiência completa para quem, além da gastronomia, busca tomar um belo café e apreciar os momentos da vida.

 

Curiosidade - O café se tornou conhecido como o "vinho árabe" pelos muçulmanos, como eles eram proibidos de consumir vinhos usavam o café como estimulante, e era consumido até mesmo nas mesquitas durante as orações.


Mezmiz

Endereço: Rua Brasílio Itiberê 4412 - Água Verde

Horário de funcionamento:

De segunda a sábado das 11h às 23h

Domingo das 11h às 16h

Estacionamento Conveniado

www.mezmiz.com.br

Facebook @mezmiz_br e Instagram @mezmiz_br

                                                                 Fotos: Divulgação.

 

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual