Pular para o conteúdo principal

Perrier-Jouët inaugura Belle Epoque Society

Novas experiências Perrier-Jouët pela primeira vez abertas ao público, em Epernay, combinam arte, champagne e gastronomia.


A Perrier-Jouët acaba de inaugurar a BELLE EPOQUE SOCIETY em sua localização histórica na Avenue de Champagne, em Epernay, França. A experiência traz dois destaques: a abertura do Cellier Belle Epoque e o seu tour de experiências, e a criação de uma oferta gastronômica para a Maison Belle Epoque, que agora está aberta ao público pela primeira vez. Os visitantes são convidados a desfrutar de duas experiências distintas e complementares, dependendo da data de chegada ou do que desejam.

Os belos jardins da Maison.


Ambas  giram em torno da natureza e da arte , e dos dois pilares da Perrier-Jouët - champanhe e gastronomia. A Perrier-Jouët tem iniciado colaborações artísticas desde 2012. Axelle de Buffévent, Diretora de Criação da Maison , explica: “Todos os anos, a Perrier-Jouët confere a talentosos artistas a missão de dar vida à sua herança Art Nouveau - um movimento ao qual está intimamente ligada - através de um olhar do século 21. Isso ilustra a energia criativa que a casa tem cultivado por mais de dois séculos, e a relevância cultural com que se expressa. ”

O chef 3 estrelas Michelin, Pierre Gagnaire, a chef de caves Severine Frerson e o chef Sebastien Morellon.

A Perrier-Jouët quis cercar-se de  artesãos que trabalham temas ligados à  natureza para o lançamento da BELLE EPOQUE SOCIETY e convidou Bethan Laura Wood, Andrea Mancuso e Tord Boontje, além do chef três estrelas Michelin Pierre Gagnaire, a designer culinária Laila Gohar e a coreógrafa Blanca Li, que juntaram-se à Chef de Cave da Perrier-Jouët, Séverine Frerson e ao Chef Executivo Sébastien Morellon neste evento. Intitulados “Perrier-Jouët Artisans of Nature” foram convidados para dar vida ao Cellier Belle Epoque: um bar de champanhe concebido como um ponto de encontro cultural com uma programação diversificada e uma gama única de experiências; um espaço a ser(re) descoberto nestas visitas para explorar o patrimônio histórico da casa, provar seus vinhos relacionados às obras de arte em exposição, apreciar a combinação de comida e champanhe, e encontrar figuras interessantes convidadas pela casa.

A boutique de champagnes.

No Cellier Belle Epoque, os visitantes podem desfrutar de uma cozinha saborosa e leve preparada pelo Chef Sébastien Morellon, bem como da coleção de champagnes Perrier-Jouët e coquetéis de champanhe exclusivos. A degustação continua no exterior da Maison, no coração de um exuberante jardim criado no pátio pavimentado.

Obras de arte que evocam natureza e champagne,

Do outro lado da Avenida de Champagne, a elegante Maison Belle Epoque abre suas portas ao público pela primeira vez. Antiga casa da família fundadora de Perrier-Jouët, este Patrimônio Mundial da UNESCO abriga a maior coleção particular de Art Nouveau francesa na Europa, refletindo a relação histórica da Perrier-Jouët com o movimento. Os visitantes podem admirar peças de mobiliário notáveis nos salões, de Hector Guimard, Louis Majorelle e Emile Gallé, antes de continuar a sua exploração em torno de duas obras contemporâneas encomendadas por Perrier-Jouët: Ephemera, da dupla austríaca de design Mischer’traxler (2014), que evoca as interações entre o homem e a natureza, e All’ombre della luce, (2015) da designer japonesa Ritsue Mishima, que foi inspirada nos jardins da Maison Belle Epoque.

Há um diálogo claro entre a histórica Art Nouveau e as obras contemporâneas. É no terraço com vista para os jardins e para o imponente Château Perrier - construído em meados do século 19 por Charles Perrier, filho dos fundadores de Perrier-Jouët - que os visitantes podem desfrutar de um momento encantador de contemplação e gastronomia em meio à natureza.

O menu exclusivo foi co-criado por Sébastien Morellon e Pierre Gagnaire - dois chefs que trabalham juntos há muitos anos.“Este menu, criado com a Chef de Cave Séverine Frerson e o Chef Executivo da Perrier-Jouët, Sébastien Morellon,  é uma homenagem aos champanhes da casa. Sébastien trabalha conosco há muitos anos, e sua experiência e sutileza foram aproveitados para servir ao espírito de Champanhe ”, diz Pierre Gagnaire.

Pratos leves da alta cozinha francesa.

O cardápio foi elaborado em torno dos vinhos selecionados por Séverine Frerson, que explica: “Na Perrier-Jouët, é a cozinha que acompanha o champanhe, não o contrário. Com o chef Sébastien Morellon, procuramos as melhores combinações para ajudá-lo a descobrir a riqueza aromática e a elegância dos champanhes da casa. Trabalhamos também nas texturas dos vinhos e produtos para encontrar as melhores sinergias.  ”Por exemplo, o buquê de vegetais e flores sazonais, burrata, caldo zézette foi projetado para saborear Perrier-Jouët Belle Epoque Blanc de Blancs, e a vitela caipira aromatizada com orégano, cebola doce caramelizada, courgettes, maçãs cracotte foram criadas para revelar a Perrier-Jouët Belle Epoque 2012.

Ambientes ricamente decorados criam atmosfera de arte e gastronoma.

Sébastien Morellon conclui: “Deixo a minha criatividade exprimir-se em torno dos produtos os quais transformo o menos possível para sublimar seu sabor original. No Le Cellier Belle Epoque, os pratos são selecionados para um momento de sabor ou para uma pausa no meio da visita de Épernay. Enquanto isso, na Maison Belle Epoque, criei uma refeição de sete pratos com combinações de cuvées da Belle Epoque. Esta experiência merece mais tempo para apreciar uma cozinha mais técnica e elaborada, bem como os vinhos da nossa casa. Estamos felizes em cumprir todas as expectativas de nossos visitantes”, diz.

Serviço:

Cellier Belle Epoque: um bar de champagne para apreciar as obras de arte da casa, com espaço interno e terraço. O Bar serve uma cozinha leve o dia inteiro, além dos rótulos Perrier-Jouët e coquetéis com champagne. Aberto desde 19 de junho, das 13h00 às 21h00, de quarta a domingo + 3 3 (0) 6 0 2 0 7 8 1 15

Maison Belle Epoque:  explore a gastronomia com um menu único do chef três estrelas Michelin Pierre Gagnaire , Chef Embaixador da Maison, - e criado e executado por um dos seus discípulos, Sébastien Morellon chef da Perrier- Jouët. É composto de sete pratos para degustar com os vinhos vintage da Perrier-Jouët Belle Epoque e custa € 250 por pessoa. Será aberto no final de julho, somente mediante reservas. Informações pelo +33 (0) 674 270 588

The Perrier-Jouët boutique: oferece todos os vinhos Perrier-Jouët, bem como taças e baldes de champanhe para completar a experiência de degustação. Se desejarem, clientes podem ter as caixas de presente e óculos personalizados no local tendo seu nome ou uma mensagem gravada. Há também novidades como o mel do vinhedo Perrier-Jouët e uma seleção de livros e cartões-postais das obras em exposição. Aberto desde 19 de junho desse ano.  Informações pelo +33 (0) 326 533 800.

Crédito das fotos: Divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual