Santa Carolina é uma das marcas de vinhos mais poderosas do mundo

Pesquisa aponta também a marca como terceira vinícola chilena mais importante internacionalmente. 


A vinícola Santa Carolina é a 9º marca de vinho mais poderosa do mundo em 2021, de acordo com o quarto relatório índice Global de Poder de Marcas de Vinho (Global Wine Brand Power Index), da Wine Itelligence. A empresa subiu 3 postos com relação a 2020 e é, também, a terceira vinícola chilena mais importante do ranking.

 

Para a realização dessa pesquisa, foram entrevistados mais de 25 mil consumidores de 25 países, que responderam perguntas sobre reconhecimento de marca, intenção de compra, afinidade e recomendação de produtos.

 

A vinícola foi fundada por Don Luis Pereyra Catapos, em 1875, e é a marca mais emblemática do grupo chileno Carolina Wine Brands. Possui presença em nível mundial com crescimento constante, e já foi eleita a Melhor Vinícola do Mundo pela Wine Entusiast, revista norte-americana de vinhos, em 2015. Hoje possui uma ampla linha de produtos e já atingiu 25 milhões de garrafas vendidas mundialmente ao longo dos últimos anos.

 

Alguns vinhos de destaque da vinícola:

 


Reserva da Família Cabernet Sauvignon foi primeiro chileno a obter reconhecimento internacional, com Medalha de Ouro na “Exposição Universal” de Paris, em 1889. Esse tinto envelhece 14 meses em barrica de carvalho francês e é ideal para acompanhar massas, carnes vermelhas e queijos maturados. Em boca é seco, encorpado e com final aveludado.

 


Carolina Reserva Cabernet Sauvignon amadurece 8 meses em barrica de carvalho americano e francês e apresenta aromas clássicos de cassis e tabaco. Em boca é seco, encorpado e com taninos marcados. Ótima harmonização com carnes assadas.

 


Carolina Reserva Carmenère é encorpado e possui boa acidez em harmonia com seus taninos redondos. Esse rótulo envelhece por 8 meses em barrica de carvalho francês e é ótimo para acompanhar carnes vermelhas, massas e culinária mediterrânea.



https://santacarolina.cl/pt-br/

www.portoaporto.com.br


Fotos: Divulgação






Comentários