Pular para o conteúdo principal

Pandemia aumentou procura por harmonização facial

Vivemos tempos incertos. Tempos em que a necessidade da qualidade de vida virou o principal foco para muitas pessoas. O que antes via-se como uma opção de vida saudável, hoje em dia sabe-se que ter saúde e o autocuidado são as melhores escolhas.

 

Talvez nunca planejamos tanto nossos sonhos, como fazemos agora, que vimos parte de nossa liberdade ser cerceada em benefício da saúde coletiva. A esperança de dias mais leves, da vacina para todos e o resgate de nossa vida “normal” é o principal foco do momento.

 

A parte curiosa de tudo isso é que foi preciso o mundo parar para muitos voltarem a se preocupar consigo mesmos. A necessidade de usar máscaras, e de certa forma tampar o rosto e assim se proteger da Covid-19, fez com que as pessoas voltassem a se enxergar. “Muitas pessoas encontraram a solução na harmonização facial justamente por terem esse tempo para si e porque as máscaras acabam destacando um trecho do rosto muito expressivo: os olhos. Vimos o aumento das pessoas mais preocupadas com o terço superior do rosto (testa, entre sobrancelhas e pés de galinha”, conta Patrícia Giacomelli, cirurgiã dentista especializada em harmonização facial com mais de 15 anos de experiência CRO PR 30042. E completa: “Outro aspecto que fez com que os procedimentos estivessem em alta no momento são porque a máscara esconde possíveis inchaços que aparecem após os primeiros dias, evitando que outras pessoas percebam o que foi feito”.

 

Vale dizer ainda que um dos procedimentos mais realizados para rejuvenescer o rosto é a Harmonização facial, afinal ela combina as melhores técnicas estéticas para melhorar a harmonia do rosto, transformando os traços e tratando o envelhecimento facial, caracterizado pela perda da elasticidade da pele, queda dos tecidos, músculos e gordura. Entre muitos procedimentos minimamente invasivos, a maioria é realizada de forma segura e efetiva, com poucos efeitos colaterais e é por isso que cada vez mais pessoas buscam esses tratamentos. “Os preenchedores são muito seguros e o efeito colateral mais comum são pequenas áreas inchadas, que são reações às pequenas agulhas que, em contato com a pele, causam essa pequena vermelhidão benigna e sem efeitos colaterais permanentes”, diz.

 

Preenchedores injetáveis, feitos de substâncias como ácido hialurônico e colágeno, famosos por dar volume aos lábios ou preencher as tão temidas rugas, estão aumentando em popularidade em todo o mundo. Nos Estados Unidos, o número desses procedimentos passou de 1,8 milhão em 2010 para 2,6 milhões em 2016, de acordo com dados da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos. No Brasil não é diferente. Segundo o Censo 2016 da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), nos últimos dois anos, a procura por procedimentos estéticos não cirúrgicos, incluindo o preenchimento, aumentou 390%. E esses números crescem ano a ano. “Um dos fatores que sempre destaco é o conhecimento da biomecânica e do tônus muscular da face que um Ortodontista detém, e isso é um fator muito importante na hora de evitar dor nos procedimentos não invasivos e não cirúrgicos”, conta Patrícia.

 

Não existe uma regra, mas a partir dos 25 anos qualquer pessoa pode buscar como preventivo algum procedimento facial. “Homens e mulheres podem fazer qualquer procedimento, desde que respeitem as características específicas em cada rosto. É isso que irá garantir um bom resultado, não adianta buscar referências que talvez não combinem com a harmonia daquela pessoa. Devemos pensar sempre como uma busca por melhorar o que já temos de bonito e não uma mudança radical”, conta a profissional.

 

Outro ponto importante, com a alta demanda dos hospitais e com as cirurgias suspensas, a busca por procedimentos menos invasivos e preventivos aumentaram.  Afinal, cada vez mais se entende que o segredo para uma vida saudável e com qualidade está na busca de tratamentos preventivos. “Por isso a importância de procurar um profissional capacitado e assim obter sempre o melhor resultado de cada análise facial. Temos que entender que o rosto é único e que cada pessoa precisa de um procedimento e uma análise individual”, explica a especialista.

 

Entre os tratamentos mais procurados estão preenchimento (1º), toxina botulínica (2º), peeling (3º), laser (4º) e suspensão com fios (5º). “O tipo de procedimento indicado (cirúrgico ou não cirúrgico) irá depender de cada fase e da necessidade de cada paciente. Por exemplo, maiores graus de envelhecimento, demandam cirurgia. Por outro lado, casos mais leves, sem um grau de envelhecimento estabelecido, podem ser resolvidos com procedimentos mais simples e menos invasivos”, ressalta Patrícia Giacomelli.

 

Por último e não menos importante, ressaltamos que os consultórios são espaços completamente estéreis e por isso altamente seguros para esse tipo de procedimento.

 

Sobre a profissional:

 

Gaúcha, Patrícia Giacomelli começou sua carreira em 2006 quando se formou cirurgiã dentista, pela Faculdade de Odontologia ULBRA. Em 2013, inicia o primeiro curso de Harmonização Facial e desde então nunca mais parou. Apaixonada pela profissão, a profissional nunca para de estudar e sempre busca aperfeiçoamento e conhecimento sobre as mais diversas técnicas que envolvem o tema.         

 

Serviço:

Dra. Patrícia Giacomelli Harmonização Facial

Endereço: Rua Mário Tourinho, 1805 sala 705 - Edifício Lake Side Corporate (em frente ao terminal campina do Siqueira, próximo ao Park Shopping Barigui).

Facebook e Instagram: @drapatriciagiacomelli

https://www.drapatriciagiacomelli.com/

Foto: Divulgação.

 

 


Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual