Pular para o conteúdo principal

TUT lança livro sobre espetáculo OCO em evento on-line

 Participantes da sala on-line receberão versão digital gratuitamente.

No dia 30 de março, próxima terça-feira, o TUT – Grupo de Teatro da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) – lança o livro OCO: memórias e olhares, sobre o espetáculo teatral de mesmo título apresentado em 2019. A obra, organizada pelo professor e diretor do espetáculo Ismael Scheffler (Editora Arte Final, 184 págs.), busca refletir todo o processo de criação, produção até a recepção pelo público de uma narrativa sem palavras, marcada pela interação de múltiplas linguagens – Teatro, Dança, Acrobacia, Circo.

Para marcar a data será feito um evento on-line no próprio dia 30, a partir das 20h30, com a participação do elenco, do diretor, de toda a equipe de montagem e encenação, que também são os autores dos 21 dos 22 capítulos que compõem o livro. O encontro vai acontecer em uma sala virtual. O objetivo é possibilitar conversas e um diálogo sobre a peça e o livro. Para participar, inscreva-se até o dia do lançamento, pelo link: https://www.even3.com.br/livro_oco/.

Vale destacar que o evento é gratuito. E quem estiver presente na sala virtual, receberá uma versão PDF, gratuitamente, de OCO: memórias e olhares.

O livro – uma obra rara

O livro não preenche de palavras uma narrativa feita pela composição de diferentes elementos em cena. Ele traz, por meio de artigos e entrevistas, a reconstrução de uma trajetória (ou os diversos caminhos) de criação e produção do espetáculo, desde a reunião do elenco, preparação corporal, elaboração do figurino, produção dos bonecos, projetos de iluminação e cenário, além da composição da trilha sonora original.

E a obra vai além. Por meio de 220 imagens - fotografias, croquis e desenhos – ensaios, relatos e textos memorialísticos, são mostradas as leituras, os “olhares” distintos de espectadores que vivenciaram o espetáculo em diferentes momentos; por exemplo, os fotógrafos e desenhistas que acompanharam os ensaios ou o público que assistiu uma, duas ou três vezes a apresentação.

“Por todas essas características que falamos, esta é uma obra rara dentro da bibliografia teatral, não só brasileira, como mundial”, destaca Scheffler. “Ela reúne em um único exemplar todos os elementos que compõem um espetáculo teatral”.Scheffler é coordenador do TUT, professor do Departamento de Design da UTFPR, Câmpus de Curitiba.

Assim, o livro pode ser lido por diferentes públicos, sejam espectadores de OCO, interessados em Teatro, Dança, Acrobacias, Circo, sejam pesquisadores, estudantes ou profissionais.


O espetáculo

O espetáculo OCO foi exibido em 12 apresentações, entre os meses de outubro e novembro de 2019, reunindo um público de cerca de 1.700 espectadores. Em cena, seis figuras sem rostos ou nomes que vivenciam uma travessia, um caminho marcado por perdas, dor, mas também pelo cuidado com o outro, o afeto.

“Em 2019, a peça nos falava do valor coletivo, do afago, do cuidado, dos afetos entrelaçados. Havia perdas e cada uma delas era sentida como dor, como vazio. E agora, em função da pandemia de COVID-19, as memórias sobre a peça nos pegam em isolamento, o contato entre pessoas tornou-se perigoso. Momento no mínimo instigante para revisitar essa epopeia”, escreveu a professora Simone Landal, da UTFPR, para a orelha do livro. Simone atuou como assistente de produção.

OCO, o espetáculo, o livro e o futuro documentário integram um projeto de Extensão Universitária, e receberam apoio financeiro do Câmpus de Curitiba, da UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

 

Evento – Lançamento de OCO: memórias e olhares

Data: 30/03
Horário: 20h30.
Participação ao vivo (necessária inscrição):  https://www.even3.com.br/livro_oco/

OCO: memórias e olhares

Organização: Ismael Scheffler
EditoraArte Final
No. de páginas: 184
Ano de publicação: 2021
Projeto gráfico: Cecília Berger
Capa: Christianne Salas Roldan
Foto da capa: Guto Souza


Fotos do livro: Guto Souza
Foto do espetáculo: Dan Patire

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual