Pular para o conteúdo principal

Fabrício Carpinejar lança livro de memórias com as lições que aprendeu com a mãe

 Coragem de viver é uma homenagem a Maria Carpi, uma das mais respeitadas poetas contemporâneas brasileiras

"Escolhi escrever sobre a coragem de viver. Não fazia sentido ser genérico, sem um exemplo. Queria provar que ela existe, que é possível. Portanto, escolhi falar da pessoa mais corajosa que conheci na vida: minha mãe, Maria Carpi. Ela é a metáfora viva da valentia."

"Coragem de viver não é a biografia de Maria Carpi, mas a biografia do amor de seu filho pela sua mãe. "Não são raras as homenagens póstumas de filhos para mães em livros. A inspiração muitas vezes surge da ausência, da saudade. Coragem de viver, novo livro de Fabricio Carpinejar que chega às lojas pela Editora Planeta, nasce da vontade de homenagear a mãe, a poeta Maria Carpi, pelos seus 30 anos de literatura comemorados em 2020, ano em que o isolamento social, o medo e as incertezas consequentes da pandemia fizeram as pessoas repensarem a forma como vivem e a perceberam a importância dos laços.

Ao longo de quase 60 textos acompanhados de ilustrações, Carpinejar apresenta memórias antigas e recentes da mãe transformadas em reflexões e lições de vida. Uma das principais poetas brasileiras da atualidade, Maria Carpi foi quem ensinou o autor a ler quando a escola havia desistido dele, quem o ajudou a criar sua filha quando era universitário e quem comprou parte da edição de seu primeiro livro sem que ele soubesse. Ela também foi quem precisou recomeçar depois do divórcio aos 40 anos e tendo 4 filhos, contas para pagar e nenhum bem. No livro, Carpinejar resgata as lições mais importantes que absorveu na companhia na mãe em uma narrativa que emociona, envolve e gera identificação para quem lê.

Nem mesmo acontecimentos cotidianos como o ato de devolver um pote para a mãe que antes estivera cheio de alguma porção de comida afetiva passam despercebidos nas reflexões do autor, que ressalta a importância em se retribuir gestos generosos. "Nós, filhos ingratos, achávamos que lembrar de lavar as vasilhas já demonstrava um carinho suficiente. Mal notávamos nossa mesquinhez: recebíamos um pote cheio e devolvíamos vazio", ele excreve. No livro, Carpinejar aborda temas como fé, ciúme, longevidade, sensibilidade, compaixão, egoísmo, dor, tristeza e superação. Em um dos textos, ele discorre sobre a relação da mãe com a morte para trazer uma consideração sobre a questão "Ela diz que não vai morrer por agora, pois ainda tem algo a dizer. Não conheço tamanha sabedoria para explicar o nosso fim. Só morremos quando não temos mais nada a falar. Quando o silêncio é perfeito. (...) Nossa bagagem é o coração cheio. O morto não sofre com a sua morte. São os vivos que não suportam a saudade".

Relembrando um período de dificuldade financeira da família, após a separação dos pais, Carpinejar tira um dos mais valiosos ensinamentos: "Jamais fui tão feliz na infância. Por não ter nada, éramos tudo um para o outro." Além de uma homenagem à mãe, Coragem de viver é um convite a todos os leitores a repensar as questões da vida e encarar as dificuldades como um processo de aprendizado.

SOBRE O AUTOR
Com 46 livros publicados, e mais de duas dezenas de prêmios literários, entre eles o Prêmio Jabuti por duas vezes, Fabrício Carpinejar é um dos escritores contemporâneos brasileiros mais reconhecidos do país. Suas obras transitam entre diversos gêneros, como poesia, crônica, memória, infantojuvenil e reportagem.

Colo, por favor! - reflexões em tempos de isolamento, o primeiro livro publicado sobre o período da pandemia, já vendeu mais de 25 mil exemplares. Autor do best-seller Cuide dos pais antes que seja tarde, também é famoso nas redes sociais por postar pequenos pensamentos escritos em guardanapos, que compartilha diariamente com seus seguidores.

Além dos trabalhos autorais, o jornalista apresentou o programa "A Máquina", da TV Gazeta, é colunista do jornal O Tempo, onde escreve crônicas semanalmente, e é comentarista do programa "Encontro com Fátima Bernardes", exibido pela TV Globo. Coragem de viver inverte a lógica da herança - é um testamento em vida que o lho deixa para a sua mãe, a poeta Maria Carpi.

FICHA TÉCNICA
Título: Coragem de viver
Autor: Fabricio Carpinejar
Ilustrações: Ana Carolina / anacardia
160 páginas
Livro físico: R﹩ 46,90
E-book: R﹩ 30,90
Editora Planeta
Foto da capa: divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual