Pular para o conteúdo principal

Projeto filantrópico Contagiando Sorrisos é premiado em Portugal

 Iniciativa brasileira venceu como melhor Plano de Relações Públicas Low-Budget nos Prémios Lusófonos da Criatividade, da Lisbon Awards Group.Criado com o objetivo de distribuir gratuitamente máscaras estampadas com sorrisos feitos por artistas para trabalhadores dos serviços essenciais e população em fragilidade social, o projeto Contagiando Sorrisos foi vencedor dos Prémios Lusófonos da Criatividade, festival internacional da Lisbon Awards Group, de Portugal, que contempla boas iniciativas em publicidade, design e comunicação na língua portuguesa. O projeto brasileiro venceu na categoria Relações Públicas, na subcategoria Plano de Relações Públicas Low-Budget.

 Contagiando Sorrisos é um movimento filantrópico sem fins lucrativos iniciado na cidade de Curitiba em abril de 2020, cerca de um mês após o país entrar em quarentena devido à pandemia do novo coronavírus. Foi realizado de forma voluntária por uma equipe de 13 profissionais das agências de comunicação Remix Promo Criativa, Lide Multimídia e Hubox Marketing Digital; da consultoria Estesia Business Inovation, da Lacini Coletivo audiovisual e da B2finance Auditoria. Para divulgar o projeto e compor o plano de Relações Públicas Low-Budget que rendeu o prêmio, foram adotadas estratégias de assessoria de imprensa e marketing digital, praticadas de forma intensa, constante e prática.

 

Como resultados em assessoria de imprensa, foram conquistadas 139 inserções em 106 veículos de comunicação diferentes, de 8 estados brasileiros e no Distrito Federal. Foram 10 reportagens de TV (totalizando 28:28 de duração), 9 reportagens em veículos impressos (totalizando 337 cm/col), 118 em veículos online (com 820.270 pageviews ao todo) e 2 reportagens em rádio (4:45 de duração).

 

Em marketing digital, os resultados foram obtidos de forma orgânica. O perfil do Instagram (com 1.768 Seguidores) registrou 12.342 interações, 69,35% de engajamento e 112.730 de alcance. A página no Facebook (com 787 seguidores) obteve 3.968 interações, 36,48% de engajamento e 136.718 de alcance. Personalidades como os atores Reynaldo Gianecchini e Erika Januza se identificaram com o projeto e postaram fotos com máscaras em suas redes de forma espontânea e orgânica. No Instagram era possível usar filtros para inserir virtualmente uma máscara com sorriso em uma selfie. Além disso, foram realizadas campanhas em que pessoas poderiam fazer vídeos musicais sobre os temas do projeto, ou enviar sua própria arte de sorriso (a mais votada se tornou uma das máscaras do Contagiando sorrisos).

 

Por meio de uma rede formada por artistas, comunicadores, empresas parceiras, apoiadores e influenciadores, neste ano de 2020 foram distribuídas 10.000 máscaras em 21 cidades de 9 estados brasileiros. Ao todo, foram beneficiadas 64 instituições e comunidades. 61 artistas (entre eles Ziraldo e Laerte) cederam 108 artes para estampar as máscaras, que foram produzidas graças ao apoio de 6 empresas parceiras e também de colaboradores via campanha de financiamento coletivo (crowdfunding).

 

Para conhecer mais sobre o Contagiando Sorrisos, basta acessar os canais de comunicação do projeto:

Site:

 

Redes sociais:

https://www.instagram.com/contagiandosorrisos/

https://www.facebook.com/projetocontagiandosorrisos

Foto: divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual