Startup paranaense profissionaliza locação de curta duração em imóveis compactos

 Considerada a primeira plataforma de gestão profissional de hospedagens de Curitiba, Yogha encurta distância com incorporadoras e conquista novos locadores. 

Anfitrião profissional. Já ouviu essa expressão associada ao mercado imobiliário? Se estiver de olho em unidades compactas para investir, adicione esse termo ao seu vocabulário ou, ainda, no seu contrato, para realizar um bom negócio. Do inglês, Super Host, o termo cabe ao especialista em hospedagem para curtas temporadas, uma figura bastante valorizada quando se trata de superar as expectativas de sites como Airbnb, Booking.com, TripAdvisor e Expedia, essencial para o sucesso de ocupação de apartamentos, inclusive durante essa fase crítica chamada pandemia da Covid-19.

Em Curitiba, Avelino Mira é sinônimo de Super Host. Para se convencer da impecável avaliação do especialista, basta um rápido passeio pelo Google. Mira concentra mais de 2 mil avaliações somente no Airbnb, tem 4.8 estrelas, 99% de resposta em até 1 hora e, detalhe, sem nenhum cancelamento. O nome do empreendedor e business coach para startups está relacionado à antiga Plataforma Hosting, fundada por Mira no ano de 2016, e batizada como Yogha Gestão e Hospitality em 2019, após o ingresso do  sócio investidor, Luis Napoleão, CEO da INVESCON, empresa especializada em projetos com foco em renda.

“As pessoas estão interessadas em localização, preço, serviços e, por último, mas não menos importante, estilo. Um toque de cor e de design nas unidades conta como diferencial exponencial na hora de definir a locação da moradia temporária, mesmo que seja por um dia”, explica o CEO da Yogha. Mas não é só isso. Quando a etapa da personalização das unidades termina, a manutenção do modelo de negócios está apenas começando. Neste caso, Mira refere-se ao fato de que a atividade exige alguns esforços na parte de gestão do imóvel, que exige uma logística minuciosa, especialmente neste momento de crise sanitária, para que tudo esteja impecável entre um hóspede e outro, além da pausa para mais um adendo: a atividade  exige atenção integral da equipe do gestor durante as estadias. “Nossa plataforma de gestão garante mais do que o preço correto, entregamos desde a consultoria para que as unidades garantam espaço nas ´vitrines´ dos sites, com valores alinhados com a demanda e serviço de hotelaria”, resume.

Somente no mês de agosto de 2020, um único apartamento estruturado dentro dos preceitos da Yogha registrou 15 check-ins e check-outs. Esta mesma unidade já contabiliza mais de 400 reservas na plataforma. “Nos bastidores isso significa toda parte de limpeza, troca de enxoval e manutenção da unidade. Rotina que dominamos. Na visão do proprietário isso significa rentabilidade sem stress”, explica o CEO. 

Saiba mais sobre a Yogha Gestão e Hospitality nos seguintes canais:

Site: www.yogha.com.br

LinkedIn: Yogha

Instagram: Yogha.host

 

Crédito fotos: Divulgação

Comentários