Pular para o conteúdo principal

Chega de saudade: Outback anuncia a volta de grandes sucessos para o menu

 

Três opções badaladas retornam ao cardápio; costela e burger estarão disponíveis nos restaurantes e delivery, sobremesa será exclusiva dos restaurantes físicos.
Para a alegria dos seus fãs e após inúmeros pedidos nas redes sociais, o Outback Steakhouse anuncia a volta de grandes sucessos do passado para seu cardápio. Intitulada de Back to Outback, a campanha marca o retorno de três pratos que ficarão disponíveis por tempo limitado. Entre as opções está a aclamada costela de porco Royal Cheese Ribs (R﹩ 89,90). A versão desossada, crocante e empanada em farinha panko, ganhou o coração dos fãs por ser, além de tudo, recheada de queijo e coberta com um mix de queijos, molho cheese ranch e coberta com pedaços crocantes de bacon. Sucesso absoluto da campanha All Stars em 2019, ela se manteve no topo do ranking de vendas de produtos no período, sendo responsável por 62% do total de pedidos da ação. Além disso, a costela foi a grande estrela das redes sociais, afinal, durante o período da ativação, 30% das menções nas mídias sociais do Outback eram sobre ela.

Os apaixonados pelos burgers exclusivos da rede também já podem comemorar, pois o Ribs Burguer (R﹩ 44,90) voltou. O hambúrguer, que chamou a atenção na campanha Festival Ribs em 2017 e 2018, fez tanto sucesso que chegou a representar 34% dos pedidos da categoria inteira de burgers no menu da marca no período em que esteve disponível. A opção, traz os principais ícones do Outback, é composta por uma deliciosa combinação de costela desfiada no recheio, coberta por uma enorme camada de queijos gratinados, e as famosas pétalas de Bloomin' Onion. Servido no exclusivo pão de hambúrguer australiano, o burguer ainda tem maionese da casa e é acompanhado de fritas.
Para fechar com chave de ouro, o Outback novamente surpreende seus fãs e apresenta o Thunder Trio (R﹩ 39,90): uma combinação inédita que reúne as três sobremesas com brownies em versão mini e cheias de bold flavour. Essa novidade celebra a volta do sabor do Hazelnut Thunder (o tradicional brownie da casa recheado de creme de avelã, servido com sorvete de creme, calda de chocolate, um toque de chantilly e raspas de chocolate). O toque especial fica por conta mini manga de confeiteiro recheada de creme de avelã que o cliente recebe para que possa dar um toque pessoal, do jeito que preferir. Com ele, vêm também o icônico Chocolate Thunder from Down Under (brownie de chocolate, sorvete de baunilha, chantilly, calda e raspas de chocolate) e o Havanna Thunder (brownie de doce de leite, sorvete de baunilha, chantilly e crumble de biscoito, coberto com calda de doce de leite Havanna).
Tanto a costela, quanto o burguer, estarão disponíveis nos restaurantes e no delivery do Outback, via aplicativo iFood que é o parceiro oficial da marca. A sobremesa é a única opção que só poderá ser degustada nos restaurantes físicos.
As novidades já estão disponíveis em todos os restaurantes Outback Steakhouse do Brasil e ficam no menu por tempo limitado.
Foto: Divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual