Pular para o conteúdo principal

23° FESTIVAL CULTURA E GASTRONOMIA PRÓ-TIRADENTES SERÁ DE 1 A 4 DE OUTUBRO EM FORMATO DIGITAL

CERCA DE 250 ATRAÇÕES GASTRONÔMICAS E CULTURAIS EM MAIS 100 HORAS DE CONTEÚDO, COM ATUAÇÃO DE GRANDES CHEFS EM TIRADENTES E, PELA PRIMEIRA VEZ, EM BH, SP E RJ. 

O primeiro e mais tradicional festival de gastronomia do Brasil ganha um importante prefixo em 2020. De 1 a 4 de outubro, acontece o 23° Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes, em formato digital, inovador e com um objetivo principal: ajudar na recuperação econômica da cidade que o abraça há 23 anos. A programação conta com cerca de 250 atrações gastronômicas e culturais, em mais de 100 horas de conteúdo que estarão disponíveis no site (farturabrasil.com.br), que vai direcionar o público também para outras plataformas (Instagram, Youtube etc.).Enquanto não pode reunir 50 mil pessoas, como aconteceu em 2019, o 23° Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes terá diversos conteúdos online e vai até o público em um formato inédito. Chefs renomados como Alberto LandgrafBela GilRafael Costa e SilvaRodrigo Oliveira e muitos outros nomes importantes da gastronomia criaram receitas com chefs locais, entre eles Rodolfo Meyer, Rafael Pires, Ricardo Martins e Juliana Ferreira selecionados pelas curadoras Morena Leite e Carolina Daher. Quem estiver em Tiradentes e região poderá pedir os pratos em casa. Além disso, o Festival contratou cozinhas e equipes em Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, onde o público poderá pedir, também para ser entregue em casa, os pratos desenvolvidos pelos chefs.

"Desde 1998, o Festival sempre foi um incentivador da gastronomia e contribuiu significativamente para o crescimento econômico e social da cidade. Junto ao patrimônio histórico e natural, o evento ajudou a alavancar a turismo local. Um exemplo disso é que quando aconteceu a primeira edição havia três restaurantes na cidade, atualmente são mais de 150, com índice de desemprego zero até a pandemia. Neste cenário, decidimos reafirmar esse compromisso, alterando toda a nossa marca e comunicação. Ao mesmo tempo, estamos recomeçando dentro de um formato digital. E em recomeços, nada melhor que revisitar as origens. Vamos resgatar a história do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, relembrando essa trajetória de mais de duas décadas.", comenta Rodrigo Ferraz, diretor geral do evento.

PROGRAMAÇÃO GASTRONÔMICA

FESTINS

Nesta seção, os festins, almoços e jantares especiais, mantêm a tradição de serem assinados por nomes de relevância nacional em dupla com chefs locais. O público poderá assistir vídeos do preparo dos menus, desenvolvidos especialmente para o Festival com produtos da região. Nas cidades do Campo das Vertentes, Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro os menus serão disponibilizados em pré-venda e em quantidades limitadas, para o público pedir em casa. Em Tiradentes, além do delivery, os restaurantes recebem os clientes de acordo com os protocolos estabelecidos na cidade.

Ivo Faria, premiado chef mineiro que participou de todas as edições, abre o evento em parceria com Bruno Dedé, do Senac. Participam, ainda: a culinarista e apresentadora do GNT, Bela Gil, e Juliana Ferreira, que lidera a cozinha afetiva do Gourmeco; Alberto Landgraf, chef do Oteque, parte da respeitada lista "Latin America's 50 Best Restaurants" e Rodolfo Mayer, do também estrelado pelo Guia 4 Rodas Angatu; Rodrigo Oliveira, que fez história com o Mocotó e abre em breve um novo restaurante em Los Angeles cozinha com Ricardo Martins, que mistura Minas e Oriente no Uaithai; Rafael Costa e Silva (Lasai), considerado um dos melhores chefs de sua geração e Rafael Pires (Mia), que cresceu no Festival e se tornou um grande chef.

CHEF EM CASA

Nesta página do site, 14 duplas de chefs, sendo um de Belo Horizonte e outro da região do Campo das Vertentes, criam receitas exclusivas para o Festival. Os vídeos desses preparos estarão disponíveis e os pratos serão entregues em Tiradentes e região. Será um momento de troca de experiências e sabores entre: Flávio Trombino e a legítima cozinha mineira do Xapuri e Felipe Oliveira, do contemporâneo Ora; a gastronomia descomplicada de Caetano Sobrinho e o especialista em hambúrguer Guilherme Pires; a rica simplicidade comum entre Henrique Gilberto e Mariana Mayer; o sotaque português Cristóvão Laruça e a tradição Arlete Santos; a sofisticação de Américo Piacenza e Luiz Cesar, entre muitos outros.

RECEITA DO CHEF

Ao acessar este item, o público de casa pode aprender, interagir e se divertir em 21 lives de temas diversos com renomados profissionais, como o francês Laurant Suaudeau, ícone da gastronomia que aborda suas origens, e amantes da boa comida. Carolina Ferraz mostra sua cozinha afetiva; Danielle Dahui aborda a cozinha para seduzir; o paraense Saulo Jennings leva sua cozinha da floresta; o intelectual da gastronomia André Boccato conta sobre a cozinha literária, entre muitos outros nomes com aulas de pães, vinhos, bolos.

DICA DO CHEF

Dicas simples fazem a diferença no sabor e nesta seção, chefs e cozinheiros compartilham seus truques e sugestões em 40 vídeos rápidos no site. Desde harmonizações, técnicas de preparo, até utensílios corretos para cada etapa de um prato.

ORIGEM AO PRATO

Até chegar à mesa, o ingrediente percorre todo um caminho que será mostrado em 27 mini documentários, gravados em todos os estados brasileiros.

MERCEARIA FARTURA

O curador Glenio Martins foi em busca de pequenos produtores de Tiradentes e da região do Campo das Vertentes e os produtos de origem serão disponibilizados por e-commerce na Mercearia Fartura. As irresistíveis peças do Casa Grande Cerâmica Artesanal; a Cachaça Século XVIII, de Coronel Xavier; os queijos da Lúcia Maria, da Sabores do Sítio, ou o premiado Catauá; além de cafés, geleias, artesanato, entre outros.

As cidades de Brumadinho e Mário Campos, diretamente atingidas pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão, também foram contempladas na curadoria, como forma de ajudar em sua recuperação econômica. Ao todo serão 50 produtores cadastrados na Mercearia Fartura.

TALENTO EM CASA

Os moradores da região do Campo das Vertentes terão a chance de mostrar seu talento na cozinha em um concurso de receitas de bolo. Serão 300 vagas para quem quiser mandar seu vídeo. Os três primeiros colocados, por voto popular, ganham prêmios em equipamentos e utensílios de cozinha.

EMPREENDEDORISMO GASTRONÔMICO

Empresários e personalidades com destaque nacional, como Alexandre Poni, dos Supermercados Verdemar, realizam lives sobre a gastronomia enquanto negócio.

FILMES E LIVROS

O Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes faz parte do Projeto Fartura, que, além de realizar festivais em todas as regiões do Brasil, é uma plataforma completa de conteúdo gastronômico. Seus vídeos e os cinco livros da coleção "Fartura - Expedição Brasil Gastronômico" estarão disponíveis para a venda online.

FARTURA DE AMOR

O projeto social da Plataforma Fartura é constante em todos os eventos. Desta vez, o Fartura de Amor, vai convidar a audiência do Festival a doar valores em dinheiro direcionados para a compra de materiais de proteção para COVID-19, alimentos e outras necessidades da população da região. Além disso, a produção do evento prepara refeições para a população carente do Campo das Vertentes.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

MÚSICA E ARTES CÊNICAS

Ao longo da programação, serão exibidas, em parceria cultural com o Sesc, cerca de 50 lives de artes cênicas e shows de artistas nacionais como Hamilton de Holanda, o pianista e compositor Vitor Araújo e o renomado arranjador Wagner Tiso. E também locais, para dar mais visibilidade aos trabalhos autorais de músicos como Fabrício Conde, Dudu Lima, Adriano Capagnane e Túlio Araújo.

AUDIOVISUAL

O renomado cineasta João Wainer volta a participar do projeto Fartura. Desta vez, ele produziu com drone dois vídeos de Tiradentes. Partindo da icônica Igreja Matriz, ele mostra a cidade, sua arquitetura única e os moradores em suas janelas, no período de quarentena.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

O fotógrafo Eugênio Sávio, responsável pelo Festival Foto em Pauta, se junta à equipe do projeto Fartura para selecionar o material da exposição "23 anos do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes". Será uma viagem no tempo, em que o público verá os melhores momentos de mais de duas décadas de evento, em uma galeria virtual.

O 23° Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes é realizado pelo projeto Fartura - Comidas do Brasil, a maior plataforma de gastronomia do país, que realizou o primeiro festival de cultura e gastronomia do Brasil, em Belo Horizonte, em formato digital, nos dias 19, 20 e 21 de junho, com sucesso absoluto e uma audiência de 7,3 milhões de pessoas. Esta edição conta com patrocínio da Electrolux, Gasmig, Claro, e apoio do Supermercado Verdemar, Rivelli, Localiza, Vale, apoio cultural do Sesc e apoio educacional do Senac.

SERVIÇO:

23° Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes
1 a 4 de outubro

OBS.: toda a programação fica disponível no site, que redireciona o conteúdo de acordo com a plataforma (Instagram, Youtube, e-commerce etc.).

Mais informações:
Instagram.com/FarturaBrasil
Facebook.com/FarturaBrasil
Foto: divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual