Primeiro lar: estilo high-low dita tom de apê para jovem casal

Com 141 m², apartamento tem ambientes que presam pela integração para receber. 
Encontrar em seu primeiro apartamento a união de um espaço integrado para receber amigos e um refúgio para dias que pedem mais calmaria era o desejo de dois jovens recém-casados. Foi esta a missão dada às arquitetas Carolina Danylczuk e Lisa Zimmerlin, da UNIC Arquitetura, para o imóvel de 141 m², localizado no bairro Água Verde, em Curitiba. Adquirido em planta, o projeto proporcionou liberdade para as profissionais personalizarem o espaço desde o início das obras e o transformarem em ambientes leves, fluidos, que ao mesmo tempo transmitissem o lifestyle e personalidade dos moradores.
Em busca de mais espaço, paredes foram abaixo para integrar cozinha, churrasqueira, sala de estar e jantar, que ganharam unidade no revestimento do piso em cimento queimado monolítico. A churrasqueira interna, ponto decisivo para aquisição do imóvel, é ideal para desfrutar bons momentos. O ambiente destaca-se pelo painel aramado, com tramas que se repetem no móvel da lareira da sala de estar - bloco em pedra Dekton que contrasta com elemento em serralheria – peça desenhada pelo escritório no melhor mood High-low e que também ressalta o estilo industrial que dita o tom do projeto.
Ainda no conceito de continuidade, a área social conta com um pórtico em Fresno Negro, que se prolonga por toda sala de jantar e estar, emoldurando o revestimento de tijolo em concreto das paredes, o sofá e o bloco ripado – que “esconde” o lavado. 
Ao lado, a varanda do apê ganha mais vida com um jardim vertical e um balanço cheio de significado, já que foi feito pelo próprio casal.
Já na área íntima, um dos quartos deu lugar ao closet da suíte master. As chapas aramadas voltam a aparecer na cabeceira da cama e nas prateleiras do closet, reforçando a personalidade e o uso criativo e não convencional de novos materiais, enriquecendo o resultado arquitetônico. Placas de concreto complementam a ambientação despojada da suíte master e demonstram mais uma vez a versatilidade do uso de materiais.
A apê traz o calor da madeira, a força do concreto e o colorido nas obras de arte. Traz referências jovens, urbanas e industriais; além do charme dos lares que trazem história, com peças de acervo pessoal, outras confeccionadas pelos próprios moradores, algumas de designers famosos e outras criadas pelo próprio escritório - essas misturas equilibram o estilo, expõem a identidade do casal e denunciam mais uma vez o style high & low urbano do resultado final.
Fotos: divulgação.

Comentários