Pular para o conteúdo principal

MAE-UFPR comemora 56 anos na Festa das Nações em Paranaguá

O Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE-UFPR) comemora seus 56 anos no dia 27 de julho (sábado) com a apresentação musical do UM2UO e o lançamento do documentário Ko Yvy Ma Ndopa Mo’ãi “Essa terra não vai terminar” em ParanaguáA solenidade de aniversário contará com a apresentação do grupo na praça em frente ao Museu, no Centro Histórico, durante a Feira das Nações. A feira é realizada também em comemoração dos 371 anos da fundação da cidade iniciando-se nesta sexta-feira (19) e tem programação até dia 29 deste mês, em palco montado na praça 29 de Julho. 
UM2UO (leia-se “umduo”) é um grupo de música de câmara vinculado à Orquestra Filarmônica da UFPR. Formado por Luís Fernando Diogo e Vinícius Portes, o grupo já se apresentou em festivais de música como o Festival de Inverno da UFPR em Antonina e Festival Villa Lobos, no Rio de Janeiro, no qual foi premiado no Concurso Internacional de Música de Câmara no ano de 2016. 
Nessa mesma tarde, no auditório do Museu, às 16h, acontece o lançamento do documentário “Essa terra não vai terminar”, dirigido por Matias Dala Stella. O filme fala sobre os indígenas Mbyá Guarani da aldeia de Pindoty, na Ilha da Cotinga, e de suas estratégias de fortalecimento em frente ao mundo dos brancos. Lembrando que essa  é uma boa oportunidade para conhecer a exposição “Nhande Mbyá Rekó - Nosso Jeito de Ser Guarani”, que também contou com a participação da aldeia Pindoty junto com outras 4 comunidades guarani do litoral em seu processo de curadoria.
Fundado no mesmo dia do aniversário de 315 anos de Paranaguá, em 29 de julho de 1963 por José Loureiro Fernandes, o MAE-UFPR é responsável pelo cuidado de mais de 80.000 peças, composto por artefatos coletados em pesquisas arqueológicas pioneiras do Brasil, sobre populações indígenas e cultura popular. Vêm desenvolvendo uma série de exposições temporárias, catálogos, publicações e produtos educativos e lúdicos, como jogos e brincadeiras, voltados principalmente às escolas de ensino fundamental e médio. Através da Extensão Universitária, o Museu também se propõe a ser um espaço participativo da Comunidade, buscando tornar-se cada vez mais aberto para as expressões artísticas, a pesquisa, o ensino e a difusão do conhecimento.
SERVIÇO
Aniversário de 56 anos do MAE-UFPR 
Quando: Sábado, 27/07/2019 às 12h (apresentação UM2UO) e às 16h (documentário)
Onde: Palco da praça 29 de Julho e auditório do MAE-UFPR (entradas pela porta em frente à praça e pela Rua XV de Novembro, 575) - Centro Histórico de Paranaguá
Confirme sua participação no evento: https://www.facebook.com/events/2877076752334135/
ENTRADA FRANCA 
Mais Informações: www.mae.ufpr.br 
Trailer “Essa Terra Não Vai Terminar”: https://vimeo.com/336848652
Foto: divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual