Pular para o conteúdo principal

Projeto Latinidades Curitibanas será lançado no próximo dia 18 em Curitiba

 
Com o objetivo de dar mais visibilidade aos saberes culinários, verdadeiro patrimônio imaterial de Curitiba, surgiu o projeto Latinidades Curitibanas, idealizado pela produtora especialista em projetos de cultura alimentar, Lai Bottmann Pereira. Com o objetivo de mapear e promover a a cultura alimentar de comunidades latino-americanas de Curitiba, o projeto vem apresentar saberes da culinária de 12 países da América Latina. 
O resultado será apresentado no dia 18 de junho, às 19h, no teatro Londrina, no
Memorial de Curitiba, com entrada gratuita. Será publicado também na Coluna
Comida É Cultura, do portal Cultura 930 e Rádio AM Cultura 930, em formato de
textos, fotos e áudios. As inserções serão individuais e irão contar sobre o prato elaborado por um representante de um país latino-americano com comunidade instalada em Curitiba. O objetivo é colaborar assim com a difusão dos saberes tradicionais das comunidades a que fazemos referência neste projeto, de forma gratuita para o grande público.
As histórias e saberes das comunidades representadas estarão disponíveis para consulta no site www.cultura930.com.br, ao longo do segundo semestre de 2019, como contrapartida do projeto.
Participam do projeto:
País
Nome
Prato
Argentina
Pablo Aimar
Lomito
Bolívia
Carmen Espejo
Sopa de Maní
Brasil
Doralice Messias
Tacacá
Chile
Ximena Leon
Caldillo de Congrio
Colômbia
Claudia Rueda
Tamal Santafereño
Cuba
Teresita Campos
Yuca em Mojo e Plátano Maduro Frito
Haiti
Gabrielle Philogène
Legume Haitiano
México
Daniela Nieto
Enchiladas Verdes
Paraguai
Maria Elena Khouri
Chipa-Guasu
Peru
Fernando Montenegro
Locro Peruano
Uruguai
Jorge França
Pasta Flora
Venezuela
Samuel Osorio
Majarete
Fotos: Divulgação. 

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual