Pular para o conteúdo principal

Imperdível o Mia Cara 2019 que começa nesta quarta-feira

O Mia Cara 2019, evento que celebra a cultura italiana, inicia sua nona edição em Curitiba nesta quarta-feira. Uma programação cultural extensa vai tomar conta da cidade até 9 de junho.
A programação traz exposição, música, balé, dança folclórica, cinema e outras formas de expressão artística. Entre os destaques estão músicos italianos de renomados no cenário internacional, a exposição “2.8 Seta-Re” (com obras impressas em lenços de seda) e uma mostra de cinema que homenageia Luchino Visconti. 

Todos os eventos culturais do Mia Cara são gratuitos. O único evento que terá cobrança de entrada é a Feira Gastronômica, que acontece dias 1º e 2 de junho no Museu Oscar Niemeyer (ingressos a R$ 10 inteira e R$ 5 meia).
Além de Curitiba, Florianópolis e Joinville também receberão o Mia Cara 2019. A programação completa está disponível no www.miacara.com.br
 O evento é realizado pela Embaixada da Itália no Brasil e Consulado Geral da Itália em Curitiba, com produção do Solar do Rosário e direção de Lucia Casillo Malucelli. O projeto foi viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cidadania com patrocínio master da Havan. Patrocínio ouro: Unicesumar e Casillo Advogados.
Confira a programação em Curitiba:
Violinista Francesco D'Orazio e Pianista Giampaolo Nuti - A noite de abertura do Mia Cara conta com apresentação de dois músicos italianos, o pianista Giampaolo Nuti e do violinista Francesco D'Orazio. Eles mesclam no repertório temas clássicos e contemporâneos, indo de Igor Stravinsky a Maurice Ravel e Nino Rota. Dia 29 de maio (quarta-feira), às 20h, na Capela Santa Maria: R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro. Entrada gratuita, com retirada dos ingressos na portaria da Capela, uma hora antes do evento.
Exposição “2.8 Seta-Re”: Quatro artistas foram convidados a retratar cultura e arte italianas, em desenhos que foram estampados em lenços de seda. Da gastronomia à arquitetura, são variadas referências trabalhadas pelas mãos de Fernando Canalli, André Nrik, Eduardo Bragança (primeira foto) e Thiago Goms (foto acima). A curadoria da curitibana Consuelo Cornelsen e da italiana Nadia Calzolari. A mostra fica em cartaz do dia 29 de maio a 9 de junho, com visitação de segunda a sexta-feira das 10h às 18h30, sábado das 10h às 13h e domingo das 10h30 às 14h. No Solar do Rosário: R. Duque de Caxias, 4 - Centro Histórico. Visitação gratuita.
Gala Bolshoi” -  A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil e a Companhia Jovem da escola apresentam "Gala Bolshoi". O espetáculo reúne um repertório com clássicos e contemporâneos do balé, como passagens de "O Lago dos Cisnes" e coreografias folclóricas como "Paraplyas". Dia 30 de maio (quinta-feira), 20h, no Teatro Guaíra: R. XV de Novembro, 971 - Centro. Entrada gratuita - retirada de ingressos antecipados no dia do evento, a partir das 18h, nas bilheterias do Guaíra. 
Adicionar legenda
Camerata Antiqua de Curitiba convida Olivia Centurioni - Com uma aclamada carreira internacional, a violinista italiana Olivia Centurioni se apresenta com a Camerata Antiqua de Curitiba. O repertório faz uma viagem musical por Roma, Veneza e Nápoli, destacando grandes compositores destas cidades. Duas apresentações: 31 de maio (sexta-feira), 20h, e 1º de junho (sábado), 18h30. Na Capela Santa Maria: R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro. Entrada gratuita - retirada de ingressos na bilheteria da Capela, no dia de cada apresentação, uma hora antes do espetáculo.
 Feira Gastronômica: Os sabores da Itália são revisitados com a Feira Gastronômica. Stands de restaurantes consagrados, aulas show e presença de grandes chefs marcam a terceira edição do evento. Dias 1º e 2 de junho (sábado e domingo), das 11h às 18h. No Museu Oscar Niemeyer: R. Marechal Hermes, 999 - Centro Cívico. Entrada: R$ 10 inteira e R$ 5 meia. Venda antecipada a partir desta quinta-feira 30/5, no Solar do Rosário. No dia do evento, ingressos nas bilheterias a partir das 10h.
 Palestra com Davide Boriani - Um dos criadores da Arte Cinética, o artista italiano Davide Boriani faz palestra sobre este movimento que utiliza efeitos visuais, máquinas e interatividade nas obras. Dia 1º de junho (sábado), 17h. No Museu Oscar Niemeyer: R. Marechal Hermes, 999 - Centro Cívico. Entrada gratuita - retirada de ingressos a partir das 16h na portaria do evento.
“Leonardo e il suo tempo” - O grupo de dança e música antiga italiano La Rossignol homenageia os 500 anos da morte de Leonardo Da Vinci com o espetáculo "Leonardo e il suo tempo" ("No Tempo de Leonardo"). No palco, são reconstruídos costumes, músicas, coreografias e instrumentos que remontam a corte na qual o celebrado artista viveu. Dia 1º de junho (sábado), 20h. No Auditório Poty Lazzarotto do Museu Oscar Niemeyer: R. Marechal Hermes, 999 - Centro Cívico. Entrada gratuita – retirada de ingressos a partir das 18h do dia do evento na bilheteria do auditório.
Mostra de cinema “Visconti, Bravissimo” - O diretor de cinema Luchino Visconti é homenageado pelo Mia Cara com uma mostra de filmes, desde seus primeiros trabalhos, explorando a estética neorrealista, até os últimos, quando já havia se consagrado como um dos maiores diretores italianos. No dia 2 de junho (domingo) acontece um debate com o curador Antonio Cava, o crítico Marden Machado, o cineasta Fernando Severo e o curador da DVD Versátil Fernando Britto, às 17h no Cine Passeio. A mostra acontece no Cine Passeio (R. Riachuelo, 410 - Centro) no dia 4 (terça-feira) a partir das 14h, e na Cinemateca de Curitiba ( R. Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 - São Francisco) nos dias 5 e 6, a partir das 16h30. Entrada gratuita - retirada de ingressos nas bilheterias dos cinemas, a partir de uma hora antes de cada sessão.
Concerto Lírico com Devide Dellisanti, Francesca Ruospo e Richard Bauer - O maestro e pianista italiano Davide Dellisanti, a soprano italiana Francesca Ruospo e o barítono brasileiro Richard Bauer dividem o palco para o concerto lírico. No programa, compositores italianos como Verdi e Puccini. Dia 3 de junho (segunda-feira), 20h. No Auditório do Edifício Eugênio Casillo: R. Lourenço Pinto, 500 - Centro. Entrada gratuita - retirada de ingressos na entrada do auditório, no dia do evento, a partir das 19h. 

Corais Italianos na Catedral - A música italiana é celebrada com a apresentação de seis corais de Curitiba, com cantos eruditos e populares, num cenário especial: a Catedral Metropolitana. Participam os grupos Canarinhos de Campo Largo, Coral Folclórico Italiano Santa Felicidade, Coral Itálico, Coral da Sociedade Dante Alighieri, Escola de Cantores Pio X e Coral da Catedral Basílica de Curitiba. Dia 7 de junho (sexta-feira), 19h30. Na Catedral Basílica de Curitiba: R. Barão do Serro Azul, 31 - Centro. Entrada gratuita. 

Danças Folclóricas no Memorial - Cinco grupos curitibanos, especializados em danças folclóricas da Itália, celebram esta tradição centenária. Sobem ao palco os grupos Piccola Itália, Anima Dantis, Primo Amore de Piraquara, Ítalo-Brasileiro Santa Felicidade e Giardino D'Amuri. Dia 9 de junho (domingo), 12h30. No Memorial de Curitiba: R. Dr. Claudino dos Santos, 79 - São Francisco. Entrada gratuita – não é necessário ingresso.
 Confira a programação completa em: www.miacara.com.br
Fotos: Divulgação

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual