Pular para o conteúdo principal

Espetáculo de Maurício Vogue com texto de Mário Bortolotto faz temporada em Curitiba até setembro

Elenco tem atores entrosados e conhecidos do cinema e da televisão. Cantor e compositor Leo Fressato, de “Oração”, está em cena com canção inédita 

Eles nasceram no mesmo dia. Dividiram a maternidade. E em meio a famílias com realidades sociais diferentes, construíram uma longa e bonita amizade. Essa é a história de Billy e Jesse, retratada no espetáculo “À Meia-Noite um Solo de Sax na Minha Cabeça”. A montagem fica em cartaz em Curitiba no Teatro José Maria Santos de 23 de agosto a 9 de setembro e encerra a temporada na capital paranaense com três apresentações no Teuni entre os dias 27 e 30 de setembro.
“Em tempos de ódio, o texto é um fio de esperança no sentido de que é possível conviver e discordar. E o amor será sempre o fiel da balança”, diz o diretor Maurício Vogue.
O texto é de 1983. Escrito pelo paranaense Mário Bortolotto, o enredo traz questões muito atuais, sobre afetividade e o quanto estamos dispostos a flexibilizar nossas crenças políticas, sociais e também sexuais em prol de uma amizade. “Esse tema é universal. A história poderia se passar em qualquer época ou lugar porque se trata da história de dois amigos”, diz Bortolotto.

                                                   O ELENCO

O espetáculo conta com um time de atores experientes e já bastante entrosados. Entre eles o ator, cantor e instrumentista ítalo-brasileiro Renet Lyon estrela de “O Grande Rei Leão”, que inclusive inaugurou o Teatro Regina Vogue em 2004. Na Itália, onde viveu até os oito anos, fez filmes importantes e ficou em segundo lugar na audição para o longa “A Vida é Bela”, de Roberto Benigni, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1999.
Outro ator também já esteve nas telonas. Diegho Kozievith viveu o aprendiz de feiticeiro Nino, em “O Castelo Rá-Tim-Bum – O Filme”, de Cao Hamburguer, em 2000. De lá pra cá, atuou em várias produções no cinema, na televisão, no teatro e ganhou o Kikito de melhor ator do Festival de Gramado pelo média-metragem “Paisagem de Meninos”, de Fernando Severo. 
A atriz Giovana de Liz, já bastante conhecida nos palcos curitibanos, encarna a rubrica do texto, emprestando sua comicidade ao espetáculo. Também em cena estarão Jeff Franco, ator curitibano de enorme talento e Rhenan Queiroz. “A intolerância que vemos hoje nas redes sociais sempre foi expressada ao longo dos anos de diversas maneiras. O ódio está aí. E a gente o combate com amor”, diz Rhenan.
CANÇÃO INÉDITA
O espetáculo também lançará uma canção inédita. A composição é de Leo Fressato, autor do hit “Oração”. A música “Até a gente se reencontrar” é uma das belas canções de toda a trilha sonora do espetáculo assinada pelo diretor musical Sérgio Justen.
Leo também está em cena. Ele que é bastante conhecido pela sua performance musical, é formado em direção teatral pela Faculdade de Artes do Paraná e também tem um histórico de criação de personagens em performances, espetáculos e um trânsito intenso com as artes cênicas.

                                            TROCA-TROCA

Em cena, todos os atores revezam a interpretação dos personagens, exceto a Rubrica. O troca-troca de personagens é constante. O termo sexual não é gratuito. Uma das cenas mais hilárias do espetáculo é quando Billy e Jesse se questionam sobre experiências homossexuais.
A encenação trouxe a plateia ao palco. A proximidade com os atores garante um jogo mais íntimo, sem ser invasivo e sem assustar aqueles que têm medo de interação.

SERVIÇO
À Meia-Noite um Solo de Sax na Minha Cabeça
TEMPORADA 1
Local: Teatro José Maria Santos (Rua 13 de Maio, 655, Curitiba)
Quando: de 23 de agosto a 9 de setembro (qui a sab 20h | dom 19h)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)
Classificação: 14 anos
TEMPORADA 2
Local: Teuni (UFPR, Praça Santos Andrade)
Quando: 27, 28, 29 e 30 de setembro (qui a sab 21h | dom 20h)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)
Classificação: 14 anos
FICHA TÉCNICA
Direção: Maurício Vogue
Dramaturgia: Mário Bortolotto
Direção Musical: Sérgio Justen
Elenco: Diegho Kozievith, Giovana de Liz, Jeff Franco, Leo Fressato, Renet Lyon e Rhenan Queiroz.
Crédito da foto: Melito

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual