Pular para o conteúdo principal

Dicas de 11 vinhos para aquecer o seu inverno



O inverno começa oficialmente no dia 21 de junho e uma excelente dica para encarar o frio desta estação é a companhia de um belo vinho tinto, seja no almoço ou jantar em família, para assistir a um filme ou bater papo em frente à lareira. Selecionamos 11 tintos de diferentes países (França, Itália, Portugal, Espanha, Chile e Argentina) para você degustar e viajar por algumas das principais regiões vinícolas do mundo durante esta temporada gélida. Os estilos são diversos e as harmonizações também. Todos os vinhos são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora. Confira as nossas dicas e aqueça-se neste inverno!



Abel Pinchard Côtes-du-Rhône AOC | França
Se a proposta é degustar sem acompanhamento, este francês é uma ótima escolha. Elaborado com as uvas Syrah e Grenache, no Vale do Rhône, é seco, leve e com taninos muito macios. Apresenta aromas e sabores frutados com notas florais. Além de ótimo sozinho, combina com tábua de queijos e embutidos à perfeição. Preço sugerido, em Curitiba.
Abel Pinchard Côtes-du-Rhône: R$60,90




Château Reynon | França
Vinho tinto elaborado com as uvas Merlot, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot na Apelação Cadillac Côtes de Bordeaux, pela Domaine Denis Dubourdieu. Amadurece em barrica de carvalho francês por 12 meses. Apresenta aromas elegantes com toques de groselha e nuances de alcaçuz. No paladar é seco, aveludado e elegante. Massas com molhos picantes e queijos como Gruyere são sugestões de acompanhamento. Preço sugerido: Château Reynon: R$124,90


Negroamaro é o nome de uma uva nativa da região da Puglia, o “salto da bota” da Itália. Nas mãos do produtor Luccarelli resulta em um vinho com deliciosos aromas de frutas vermelhas maduras. Em boca é saboroso, com taninos finos e final longo, resultado do estágio de aproximadamente 6 meses em barricas de carvalho. Prazeroso sozinho, mas também ótima opção para acompanhar carnes vermelhas e queijos duros, como Parmesão. Preço sugerido em Cuririba do Luccareli Negroamaro IGP: R$66,90




Monsaraz DOC | Portugal
Português de corpo médio, macio e redondo, com breve passagem em barrica de carvalho. Na composição as uvas Alicante Bouschet, Trincadeira e Aragonez trabalhadas por um dos mais respeitados produtores de Portugal, a Carmim. Este vinho alentejano vai muito bem com massas com molhos vermelhos, pizzas ou risotos. Preço sugerido R$37,90.




Quinta do Cachão DOC Douro| Portugal
Esse vinho tem origem no Douro, em Portugal, pelas mãos dos enólogos da Caves Messias. Combinação de cinco uvas nativas, entre elas Touriga Nacional e Touriga Franca, revela taninos bem maduros e macios, com final persistente. Amadurece aproximadamente 6 meses em barrica de carvalho francês. Ideal para escoltar carnes magras grelhadas e queijos macios. Preço sugerido em Curitiba: R$40,90.



Marquês de Borba DOC Alentejo | Portugal
Taninos maduros, sedosos e muito bem equilibrados são algumas das características desse delicioso vinho português, assinado pelo reconhecido enólogo João Portugal Ramos. Corte das uvas Alicante Bouschet, Aragonez, Trincadeira e Touriga Nacional, estagia em barricas de carvalho por um breve período. Entre seus aromas, percebe-se muita fruta como amora e cassis. Harmoniza com pratos com carnes vermelhas magras grelhdas ou massas com molhos de carne. Preço: R$70,90.




Marqués de Tomares Reserva DOCa Rioja | Espanha
Encorpado, de taninos aveludados e excelente estrutura, elaborado com as uvas Tempranillo, Graciano e Mazuelo, colhidas manualmente, que estagiam 18 meses em barricas de carvalho americano e mais 18 meses em garrafa antes da comercialização. Vinho espetacular elaborado na Rioja, fica melhor ainda quando acompanhado por carnes vermelhas com molhos encorpados. Preço sugerido em Curitiba: R$134,90.
 


Nuestro Roble DO Ribera del Duero | Espanha
Elaborado com a Tempranillo, na região espanhola de Ribera del Duero, este vinho amadurece por 6 meses em barricas de carvalho americano e francês e posteriormente estagia 6 meses em adega antes da comercialização. Entre seus aromas, frutas vermelhas, ervas e um toque tostado. Em boca prevalecem as frutas e os toques minerais. Uma ótima opção para acompanhar pizzas ou lasanha à bolonhesa. R$ 62,90.
 

Este é um vinho de muita classe, elaborado no Vale de Casablanca, no Chile. Percebem-se aromas de frutos vermelhos frescos e flores, com notas tostadas. Em boca apresenta-se fresco, com acidez balanceada e taninos muito elegantes e suaves. Uma parte do vinho estagia em barricas de carvalho francês por 6 meses. É um excelente acompanhamento para uma Polenta Cremosa com Ragu de Cogumelos. R$67,90.




Nieto Senetiner Blend Collection Malbec/Petit Verdot/Cabernet Franc | Argentina
Os aromas deste vinho argentino lembram amoras e especiarias, com toques minerais, resultado da combinação das três uvas da composição. Elaborado em Mendoza, a região mais famosa da Argentina, é volumoso e aveludado em boca. Carnes vermelhas assadas ou grelhadas são harmonizações certeiras. Preço sugerido: R$78,90.





Justino’s Madeira 3 anos | Portugal
Para fechar as sugestões de vinhos para o inverno, um exemplo maravilhoso dos chamados “vinhos da meditação”. O português Justino’s Madeira 3 anos é um fortificado de aromas elegantes que sugerem frutos secos. No paladar é agradável e com doçura marcada. Além disso, é macio e equilibrado, com final longo e agradável. Além de excelente sozinho, harmoniza com chocolate, queijo azuis e sobremesas à base de café.  R$77,90

 .
Em Curitiba, você encontra esses rótulos no Condor, Festval, MHG, Casa da França, Adega Brasil e Coffe Wine (site).
Fotos: Divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual