Pular para o conteúdo principal

Château Smith Haut Lafitte na Confraria Feminina do Vinho de Curitiba

Ontem, dia 17 de outubro de 2017, em noite agradável primaveril curitibana, tivemos mais uma reunião mensal da Confraria Feminina do Vinho de Curitiba, que normalmente acontece na terceira terça-feira de cada mês. O encontro foi no restaurante La Varenne, no Pátio Batel. A cada encontro a certeza de que estamos aprendendo e degustando sempre os melhores vinhos. As estrelas da nossa noite foram os 2 rótulos da vinícola francesa Château Smith Haut Lafitte, da região de Pessac, Leognam, Bordeaux e 1 rótulo do Château Haut Sarpe, de Saint Emilion, Bordeaux. O primeiro vinho foi um branco maravilhoso: Les Hauts de Smith, com 100% Sauvignon Blanc; safra 2012; 13% teor de álcool; com aromas de frutas amarelas e brancas (pêssego branco, damasco e manga), flores de acácia e notas de baunilha doce. De perfeita acidez, persistência e frescor, a maturidade das uvas concede ao vinho sabores deliciosos de frutas amarelas como pêssego, manga madura e especiarias. Unanimidade de bis por parte das confreiras presentes. O segundo vinho foi o tinto Le Petit Haut Lafitte, safra 2010; com 14% de teor alcoólico. Na composição das uvas: 55% Cabernet Sauvignon e 45% Merlot. Esse tinto  elaborado com os mesmos cuidados do Gran Cru, mereceu nota 91 pela revista Wine Spectator e pode ser saboreado agora, como nós fizemos, ou até o ano de 2021. Aromas deliciosos de framboesas silvestres, notas de alcaçuz,  toque floral de violetas e chá preto... Divino! Sobre o terceiro e último vinho o rótulo fala por si: Grand Cru Classé Château Haut Sape, safra 2008; 13% de teor alcoólico; uvas Merlot (70%) e Cabernet Franc (30%); 18 meses em barricas de carvalho francês sendo 30% novas; com estimativa de guarda de até 10 anos. No nariz emana notas de cassis e framboesas maduras, folhagem úmida e alcacuz. Em boca tem muita elegância, charme e equilíbrio, com ótima persitência no final de boca e é simplesmente... memorável!

Além dos vinhos, o Château Smith Haut Lafitte é também detentora da marca de cosméticos orgânicos Caudalie, cuja matéria prima é totalmente extraída da videira e que dela tudo se aproveita: uva, sementes, caule e flores. A confreira Maria do Carmo Bado, foi a responsável pela apresentação dos rótulos da noite e, para o encontro, convidou o gerente nacional de varejo da Caudalie, Cesar Brito, que nos presenteou com os dois vinhos do Château e que são raros aqui no Brasil e nos apresentou a linha de produtos da Caudalie, feitos com produtos extraídos das parreiras da vinícola.




César Britogerente nacional de varejo da Caudalie, explicou entre outras curiosidades, que a marca de cosméticos é orgânica e a matéria-prima é retirada das próprias videiras do Château Smith Haut Lafitte . A Caudalie tem seus produtos patenteados e são 3 as patentes: Polifenol, extraído da semente da uva; Resveratrol, encontrado na pele e na semente da uva, sendo um firmador da pele e a Viniferina que é a seiva retirada do caule da videira, que trata a pele clareando e retirando manchas, deixando-a com a aparência jovem e aveludada.
Da esq. para dir. as confreiras: Sandra Lunedo, Maria do Carmo Bado, Analzira Carneiro, Márcia Toccafondo, Isabel (Isa) Pudles, Marlene Beck, Mônica Meira e Sueli Rita Floriani Martinez.










A gastronomia da noite foi assinada com muito capricho pela dupla Felipe e Mayra do La Varenne. Entrada: Ratatouille de legumes frios...para acompanhar o vinho branco do Château Smith Haut Lafitte.
Hhhhuuummm... amei!!

Belo tinto de cor linda rubi intenso e brilhante: Le Petit Haut Lafitte 2012. Ficou na minha memória olfativa e gustativa... especial demais! 
E como o tema foi a França nada melhor do que um Coq au vin com legumes para acompanhar o tinto posudo Grand Cru Classé Château Haut Sape.









A sobremesa escolhida foi a Torta mousse au chocolate..sem erro!

Noite para não cair no esquecimento.
Confira o site do  Château Smith Haut Lafitte em:  https://www.smith-haut-lafitte.com/ e o da Caudalie em: https://br.caudalie.com 
Fotos por Márcia Toccafondo, Sandra Lunedo e Sueli Rita Martinez.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual