Pular para o conteúdo principal

Consultoria ES é pioneira ao expor marcas de moda sustentável brasileiras em Berlim

ES-fashion, participa da próxima edição da Ethical Fashion Show Berlin, que acontece entre os dias 4 e 6 de julho, durante a Semana de Moda de Berlim. O espaço da empresa contará com as marcas brasileiras: Brisa Slow Fashion, Dalutex Pura, Elef Shoes, Envido, Nayara Costa Brand, Manacá Estúdio, Movin, Trópicca e Vintax by Dressper – algumas apresentando pela primeira vez suas coleções em solo internacional.
Altamente criteriosos em relação à ética e à sustentabilidade, Ethical Fashion Show Berlin conta com uma lista rigorosa de requisitos para que as empresas participem do evento. O método aplicado garante ao público a qualidade dos expositores a cada edição, assim como todos os produtos e profissionais envolvidos no projeto.
A consultoria ES-Fashion trabalha com estratégia de design circular, modelos de negócios, treinamentos, análises e pesquisas de materiais e fornecedores, além de atuar no desenvolvimento de coleções sustentáveis e a internacionalização - adaptar coleções para o mercado europeu, hoje um dos maiores consumidores de produtos sustentáveis do mundo. “Para as marcas brasileiras, esta é a oportunidade de mostrar seus designs criativos e responsáveis para um público que valoriza e busca a elevação das questões culturais, tradicionais em harmonia com a natureza”, menciona Alice Beyer Schuch, sócia da ES, mestre em Sustentabilidade na Moda (ESMOD Berlim) e bacharel em Fashion Design (SDC/Itália).
Ethical Fashion Show Berlin exibe o conceito street e casual wear produzidos de forma responsável com o meio ambiente. Este ano, a feira será realizada em nova locação devido ao seu crescimento exponencial dos últimos anos - 15% apenas na última edição, e quase 200 expositores do mundo todo, incluindo Mongólia, Guatemala, Peru, Índia, e agora Brasil. 


Sobre as Fundadoras ES-Fashion
ALICE BEYER SCHUCH é Mestre em Moda Sustentável pela Faculdade Internacional Esmod Berlim, e bacharel em Design de Moda pela Style Design College da Italia. Alice é brasileira, mora na Alemanha, e coleciona mais de 15 anos de experiência internacional, de pequenas a grandes empresas, do Brasil à China. Depois de sua passagem pela Ásia, ela decidiu que era hora de uma mudança. Atualmente, Alice desenvolve trabalhos de consultoria e educação como co-fundadora da ES-fashion no Brasil, bem como através de sua empresa Cirkla Modo na Europa, e seu trabalho de mentora em #CircularFashion para Slow Fashion Next da Espanha, e CEC Circular Economy Club da Inglaterra. 
TANIA GENGO, Pós-graduada em Gestão de Desenvolvimento de Produtos de Moda pelo Senac/SP, e bacharel em Negócios de Moda com habilitação em Fashion Marketing pela Universidade Anhembi Morumbi SP, Tania é profissional com mais de 10 anos de experiência internacional, do Brasil à China. Empreendedora com forte conhecimento de mercado e experiência em diversas partes da cadeia de produção de diferentes segmentos - do planejamento, compras, fabricação ao visual merchandising - e hábil capacidade de negociação nacional e internacionalmente. Como co-fundadora da ES, sua incansável dedicação e paixão pelo trabalho faz com que projetos criem corpo e se transformem em realidade!
ES
@esfashionnet
Fotos: Divulgação.

Postagens mais visitadas deste blog

Curitiba 18💙18 distribui 270 toneladas de alimentos

  Campanha de financiamento coletivo arrecada R$ 991.841 em 18 dias em prol de ONGs de Curitiba e Região Metropolitana. Uma campanha em torno do número cabalístico 18. Assim foi a Curitiba 18 18 , uma iniciativa da Comunidade Israelita do Paraná, que foi abraçada por muitos curitibanos, pessoas físicas e jurídicas.   A ação foi inspirada na campanha original de São Paulo, realizada algumas semanas antes. A arrecadação total pela plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria foi de R$ 991.841,00, que estão sendo transformados em 270 toneladas de alimentos para mais de 9 mil famílias.   A distribuição já começou e continuará nas próximas semanas, com o apoio logístico da Trans Pizzatto. O número 18 foi escolhido por simbolizar a vida, transformando alimentos em esperança para as famílias mais necessitadas, situação agravada pela pandemia. “18 simboliza ‘chai’, que é vida em hebraico. E o coração, uma ponte para outra vida. Pessoas ajudando pessoas. Uma forma de honrar essa terra que t

Conheça os eventos na Itália e na França que vão celebrar Leonardo da Vinci em 2019

Com 28 de anos de história a Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados e não poderia ficar de fora das comemorações dos    500 anos da morte de Leonardo Da Vinci , no  ano de 2019.  Da Vinci,  considerado, graças às suas contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu. O gênio italiano morreu no dia 2 de maio de 1519 e, como não poderia deixar de ser, o tema vai inspirar atrações ao longo do ano na Itália, país de origem do artista, e na França, onde passou os últimos dias de sua vida. Na programação, mais de 500 eventos com o objetivo de criar um movimento popular e artístico através de uma programação variada, que aborda temas relacionados à figura do artista e ao Renascimento - período em que viveu -, como arquitetura, gastronomia, artesanato, ciência e inovações tecnológicas.   Legado e raízes na Itália Na Itália, uma série de celebrações estão planejadas e du

Brasil abre 2018 com 16 prêmios para os espumantes brasileiros na Espanha

Vinhos e espumantes são reconhecidos por júri internacional formado por 40 experts A conquista de mais prêmios internacionais para vinhos e espumantes brasileiros começou mais cedo este ano. O país verde e amarelo acaba de conquistar 16 medalhas no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018 , realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na cidade de Cáceres, na Espanha. A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri .   O concurso reuniu 705 amostras de 14 países. Um júri formado por 40 experts distinguiu quatro vinhos e 12 espumantes brasileiros . O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Marcos Gabbardo, esteve representando o Brasil e destaca que foi possível avaliar, principalmente, vinhos da Península Ibérica, além de produtores do Novo Mundo e Velho Mundo. “Todas as avaliações foram realizadas às cegas por jurados internacionais, permitindo a valorização da diversidade e qual