Festival de Curitiba 2018 começa amanhã dia 27 de abril

27.º Festival de Curitiba começa amanhã 27 de abril e segue até o dia 08 de abril de 2018, com uma rica programação:

Denise Fraga, de “A Visita da Velha Senhora”, diz que tem fé no humor 
A atriz Denise Fraga, de “A Visita da Velha Senhora” aposta todas as suas fichas nas risadas do público. “Amo a comédia porque confio no humor e na ironia como um poderoso agente para a reflexão. Só se ri daquilo que se entende”, diz Fraga. A comédia está na Mostra 2018 do Festival de Curitiba, nos dias 7 e 8 de abril, no Guairinha, e conta a história de uma senhora que doará um bilhão a uma cidade se matarem um determinado cidadão.
“Grande Sertão: Veredas”, da obra de Guimarães Rosa, tem ingressos esgotados e nove indicações a prêmios nacionais
A atração “Grande Sertão: Veredas”, da obra de Guimarães Rosa e com Caio Blat no elenco, já teve seus ingressos esgotados mesmo sem ter local definido para se apresentar ainda. O espetáculo chega à Mostra 2018 do 27º Festival de Curitiba com nove indicações a prêmios nacionais. Bia Lessa já levou o APCA de melhor direção. “Grande Sertão: Veredas” estará em cartaz nos dias 7 e 8 de abril. O local da apresentação precisa ter características especiais e deve ser escolhido em breve: o público, no entanto, preferiu garantir o assento na plateia antes mesmo dessa definição.



Os Guardas do Taj” estreou primeiro em quatro cidades portuguesas
“Os Guardas do Taj”, com Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi – atração da Mostra 2018 do 27º Festival de Curitiba -, tinha previsão de estrear primeiro no Brasil, mas uma parceria da produtora Morente Forte com a lusitana Plano 6, resultou na estreia em Portugal, passando por quatro cidades daquele país. O espetáculo conta a história de amizade de dois guardas que precisam cuidar do Taj Mahal, mas que são proibidos de olhar para o monumento. No dia 7 de abril, às 21h, e no dia 8 de abril, às 19h, no Guairão.





O bicheiro Boca de Ouro, personagem icônico do submundo carioca, criado por Nelson Rodrigues, ganha toques mitológicos na adaptação que o diretor Gabriel Villela apresenta na Mostra  2018 do Festival de Curitiba, nos dias 31 de março, às 21h, e 1º de abril, às 19h, no Guaírão. O espetáculo terá audiodescrição para deficientes visuais (haverá 50 fones; deve-se chegar meia hora antes, portando RG). O personagem, interpretado pelo ator Malvino Salvador, é um lendário bicheiro carioca, figura temida e megalomaníaca, que tem esse apelido porque trocou todos os dentes por uma dentadura de ouro e que também é conhecido como Drácula de Madureira. Quando Boca é assassinado seu passado é vasculhado por um repórter. A fonte é dona Guigui, a volúvel ex-amante do contraventor, uma mulher que, ao longo da peça, revela diferentes versões do bicheiro, interpretada por Lavínia Pannunzio. Os atores Mel Lisboa e Claudio Fontana fazem o casal Celeste e Leleco. 
INGRESSOS:
A venda dos ingressos está disponível pelo site www.festivaldecuritiba.com.br, pelo aplicativo “Festival de Curitiba 2018” e nas bilheterias oficiais do evento, no ParkShoppingBarigüi, com funcionamento das 11h às 23h, de segunda a sexta; no sábado, das 10h às 22h e, aos domingos, das 14h às 20h; e no Shopping Mueller, de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingos e feriados das 14h às 20h.
O valor dos ingressos para os espetáculos da Mostra vai de gratuito a R$ 70,00 (inteira) mais taxa administrativa.
Os preços para os espetáculos do Fringe variam de gratuitos a R$ 60,00 (inteira), além da taxa administrativa.
Clientes Ebanx têm desconto de 50% em espetáculos da Mostra e do Fringe.
O ingresso do MishMash custa R$ 40 (inteira) mais taxa administrativa.  
O preço da entrada do Risorama é R$ 70 (inteira) mais taxa administrativa.
O Gastronomix, este ano, custa R$ 12 (não consumível) mais taxa administrativa.
O Guritiba custa R$40 (inteira) mais taxa administrativa.
Fotos: João Caldas e Divulgação.

Comentários