Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

28 de agosto de 2012

Cabernet Franc na Confraria Feminina do Vinho de Curitiba...

Na reunião mensal da Confraria Feminina do Vinho de Curitiba, degustamos três rótulos de Cabernet Franc, sendo todos chilenos, mas de estilos e sabores diferentes, e que descrevo logo abaixo. O encontro agradável de agosto foi na Vino! C La Vie, no Batel, e estiveram presentes as confreiras:  (esq. p/dir.) Márcia Toccafondo, Célia Gimenez Mitri, Analzira Carneiro, Mônica Meira, Marian Guimarães, Eunice Rocha, Marlene Beck, Isabel Pudles, a enóloga e presidente da Confraria Sandra Zottis, Ana Teresa Londres e Suely Rita Martinez. Vamos a eles? Fotos por Márcia Toccafondo.
Os vinhos da noite:  Espumante português Teixeiróos chilenos Valdivieso Premium 2007, Orzada 2007, Lomas Del Valle 2010, e para finalizar o espanhol Negre Franc Penedés Pardas 2007. No geral, todas as confreitas aprovaram os rótulos servidos. O tinto Valdivieso 2007 (da Vinã Valdivieso) (Preço: R$89,00 na Vino!) é um vinho delicioso da região do Vale Central Colchagua, com taninos e acidez macios e redondos. A cor é rubi intenso e é linda! e o teor alcóolico é de 14%. Foi o meu preferido da noite. Outro vinho festejado foi o Orzada 2007 (R$89,00 na Vino!) (Produtor ODFJELL), um Assemblage, sendo 88% Cabernet Franc e 14% Merlot, bem estruturado e muito aromático. Graduação alcóolica de 14%. O Lomas Del Valle 2010,(R$ 65,00 na Vino!) é 100% Cabernet Franc e o seu produtor é Loma Larga, do Chile/Casablanca. vinho de corpo médio, com taninos delicados e boa persistência em boca. Para fechar a noite bebemos o Pardas 2007 (Espanha/Penedés), com uvas: 70% Cabernet Franc, 20% Cabernet Sauvignon, 10% Merlot.Preço: R$95,00 na Vino!Batel, Produtor: Celler Pardas, excelente vinho em nariz e boca. Já haviamos bebido um Pardas branco em outra ocasião na confraria, e agradou muito também.  Aprovadíssimos!!
A confreira Eunice Rocha nos presenteou com o espumante português Teixeiró (20% da uva Loureiro e 80% uva Avesso), da região do Douro. Espumante gostoso e com um diferencial no mínimo inusitado, a tampa (carica) é igual a de uma garrafa de cerveja e veda tão bem quanto uma de cortiça.
Entrada: Ricota, Salmão marinado, espinafre e ovas de massagô. Maravilha da Vino C La Vie, no Batel, em Curitiba.
Prato Principal: Gnochi ao molho de Gorgonzola com mignon. Simples e de sabores e aromas deliciosos.
A sobremesa é a minha preferida... Cheesecake com Geleia de Goiaba e Tuille de Mel.

Nenhum comentário: