Museu de Arte Indígena (MAI), de Curitiba, recebe a exposição Bancos Indígenas do Brasil

Com entrada gratuita, exposição terá abertura no dia 13 de novembro.
Por sua abrangência e variedade, a exposição Bancos Indígenas do Brasil toca em uma ampla variedade de temas, revelando pontos de conexão entre a arte indígena [LA1] e mostrando ao público a potência criativa e o apuro estético dos povos tradicionais.
Exposição já passou por São Paulo e Tóquio
A Exposição já passou pelo Pavilhão Japonês no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e pelo Museu de Arte Teien, em Tóquio. Em São Paulo, a expografia foi assinada por Eiji Hayakawa e Claudia Moreira Salles, enquanto em Tóquio foi assinada por Toyo Ito. Nas duas cidades, a exposição recebeu cerca de 60 mil visitantes.
SOBRE O MUSEU DE ARTE INDÍGENA - MAI
O Museu de Arte Indígena - MAI foi inaugurado em Curitiba no dia 16/11/2016 no bairro Água Verde, em Curitiba, no Paraná. É o primeiro museu particular do Brasil dedicado exclusivamente à produção artística dos indígenas brasileiros, e conta com um dos maiores acervos do mundo nesta área. São cerca de mil peças no acervo divididas entre arte plumária, cerâmica, cestas, instrumentos musicais, máscaras ritualísticas e objetos utilitários.
SERVIÇO
EXPOSIÇÃO BANCOS INDIGENAS DO BRASIL
13 de novembro a 11 de fevereiro
Horário Visitação: Segunda à Sexta, das 10h às 17:30h.
Entrada Gratuita.
Local: Museu de Arte Indígena - MAI
Endereço: Av. Água Verde, 1413 - Água Verde, Curitiba – PR
Telefone: 41 3121-2395
Informações: mai@maimuseu.com.br
Foto: divulgação.

Comentários