Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos em geral, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

2 de julho de 2015

Arte, tecnologia e inovação no “Quarto da Moça” por Walkiria Nossol para Casa Cor Paraná 2015...

 Mulheres interessadas em moda, tecnologia, e arte e que, acima de tudo, sempre procuram por mais espaço em seus closets, encontrarão no espaço da decoradora Walkiria Nossol, na Casa Cor Paraná 2015, entre 23 de junho e 9 de agosto, o quarto de seus sonhos. Em torno de 36 m², a decoradora idealizou o “Quarto da Moça” com intensa influência da estética francesa, com seus estúdios antigos. Segundo Walkiria, o espaço é para “uma moça capaz de valorizar a tecnologia, mas também que admira a Belle Époque francesa e as artes, como o balé clássico. Uma moça chique, com essência despretensiosa e culta”. No espaço, as paredes são revestidas com papel de efeito estonado e estampa delavê, da Orlean, e molduras de peso, tanto no teto como em painéis que emolduram o perímetro do cômodo. O grande lustre preto, inspirado no design de Phillippe Starck, foi adquirido pela Duo Light especialmente para o espaço. Com 1,5 m de diâmetro, atrai os olhares para o pé direito alto, mantido da estrutura original do imóvel. A iluminação é agradável e circunda todo o perímetro, destacando o espelho vintage, da Klauzer Boxe o toucador, próprios para uma maquiagem perfeita. Nas paredes, estão ainda fotos assinadas pelo fotógrafo Sérgio Vieira, que enaltecem a arte do balé clássico nas suas mais belas formas.
“A ideia foi criar um ambiente aconchegante, com aspecto clássico e contemporâneo, além de extremamente agradável”, revela. Por isso, as cores utilizadas são o azul acinzentado, mas com aspecto delavê, preto, branco, bege, dourado e prata. Ganha destaque no ambiente, entre outros itens, a cama, com dossel, em madeira preta jateada manualmente e ebanizada, que reforça a atmosfera vintage e romântica do espaço. “Isso mostra que o luxo pode vir das linhas sóbrias e retas”. Uma banheira da Axell, releitura da tradicional Vittoriana, confirma o paralelo entre o design vintage e o contemporâneo de forma elegante e, aliada ao misturador Deca e à folha de espelho veneziano, é mais um item que oferece conforto ao ambiente. Fotos: Eduardo Reinehr.

Nenhum comentário: