3º. Jantar às Escuras...Vamos participar?

A Fundação de Ação Social (FAS) e o Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPCC) promovem no próximo dia 5 de novembro, a partir das 20h, no Clube Concórdia, o 3º. Jantar às Escuras, evento beneficente para levantar recursos que serão destinados à capacitação de pessoas com deficiência para o mundo do trabalho. A ação é feita em parceria com a Universidade Livre para Eficiência Humana (Unilehu), empresários e amigos convidados. “É com muito carinho que organizamos junto com nossos parceiros e amigos mais uma edição deste evento social que pretende reunir novamente pessoas solidárias em torno de uma causa voltada à promoção humana e aos direitos da pessoa com deficiência”, afirma a presidente da FAS, Marry Ducci. Este ano, o jantar traz a assinatura do renomado chef César Monteiro.
Como em anos anteriores (ver o vídeo no link: http://www.ipcc.org.br/conteudo.aspx?idf=121), os convidados entram ao recinto de olhos vendados e passam pelo “Corredor das Sensações” onde vivenciam algumas experiências sensoriais que tornam a noite ainda mais emocionante.  “Este é um momento muito especial que temos a oportunidade de vivenciar fortes emoções que nos trazem algumas reflexões sobre o que é ter uma limitação e quais são as dificuldades enfrentadas diariamente por pessoas com deficiências”, diz a presidente do IPCC, Helena Pereira Oliveira. Para a presidente da Unilehu, Andréa Koppe, o momento também é de valorização do ser humano. “A pessoa com deficiência se sente ainda mais motivada ao trabalho quando percebe que há o respaldo da sociedade e o incentivo de organizações que reconhecem o seu verdadeiro valor”, explica. Os recursos obtidos com a venda dos ingressos serão destinados integralmente aos programas sociais voltados ao atendimento das pessoas com limitações física, motora, mental ou visual. “Preparamos estas pessoas para atender a demanda de um mercado exigente, que encontra nestes profissionais a qualificação necessária para o bom desempenho das atividades que contribuem para o crescimento de suas empresas”, conclui Andréa. (Divulgação). Foto: Márcia Toccafondo.

Comentários