Feminilidade e borboletas, o jardim precioso da Bergerson para este Natal

Coleção Metamorphosis apresenta joalheria autoral com design delicado e orgânico.
Femininas. Raras. Marcantes. Delicadas. As joias da nova coleção Metamorphosis Bergerson, lançada oficialmente em todas as lojas da rede no mês de novembro, expressam os constantes movimentos de mudança, o elo que existe entre o ser humano e os compassos da natureza, sutilmente traduzidos em peças da alta joalheria autoral.
A coleção, criada pela equipe do designer Ricardo Sousa, apresenta uma composição colorida e brilhante de pedras e metais preciosos que mimetizam formas orgânicas e da natureza.  
A combinação poética de pétalas, folhas, asas de borboletas e gotas recria um jardim precioso cuja inspiração vem da feminilidade em movimento e da força transformadora das borboletas, mistura de sensualidade e da leveza inabalável, que se concretiza em joias com design delicado e detalhista.
O conjunto traz peças adornadas por vazados, brincos em opções extravagantes, colares com múltiplas voltas. Também há joias em versões menores, reforçando a feminilidade clássica da proposta. Algumas joias trazem pequenos segredos de estrutura que contribuem para combinações e visuais diferentes numa referência ao simbolismo da metamorfose.
A atriz Tainá Müller (foto) personifica a marca em sua beleza delicada, desta vez num ensaio em tons rosés produzido pelo stylist Antonio Frajado.

Comentários