Que tal um vinho gostoso para presentear no Dia dos Pais?

Está chegando o Dia dos Pais, este ano em 12 de agosto, hora de escolher um excelente vinho para presenteá-lo. Mas qual rótulo você vai escolher para ele? Um tinto leve, de corpo médio ou encorpado? Argentino, chileno ou francês? Para degustar vendo um filme ou acompanhar a refeição? São muitas as variáveis quando o assunto é vinho, por isso pensamos em rótulos versáteis e que combinem com diversas personalidades de pais, do clássico e tradicional ao moderno ou casual. Todos são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora. Inspire-se e Feliz Dia dos Pais!

Da região de Bordeaux, França, uma das mais famosas do mundo, sugerimos dois tintos, ambos gastronômicos e que oferecem a tipicidade e a elegância deste terroir francês. O Château Caronne Ste. Gemme é elaborado de maneira impecável pelo produtor Nony Borie, no Haut-Médoc, em um local muito próximo aos principais nomes da região – fatores estes que estão ligados à altíssima qualidade do vinho.
Outro francês que indicamos é o Château Reynon, elaborado pela Domaine Denis Dubourdieu, criação de Denis Dubourdieu, que foi um dos principais enólogos do mundo. É um tinto aveludado e poderoso, com deliciosas notas de groselha negra e alcaçuz. Ambos os franceses estagiam por 12 meses em barrica de carvalho francês e harmonizam à perfeição com carne de cordeiro.

Para os pais que preferem vinhos mais frutados e amadeirados do Novo Mundo, sugerimos dois exemplares argentinos e um chileno. O Don Nicanor Blend, argentino de um vinhedo muito especial chamado Agrelo, na região de Medoza. Combinação das uvas Malbec, Cabernet Sauvignon e Merlot de 1.050 metros de altitude, colhidas manualmente, este vinho passa 12 meses em barrica de carvalho francês. É equilibrado, intenso e de final prolongado. Carnes vermelhas grelhadas e empanadas de carne são sugestões que o acompanham muito bem.
Outro exemplar argentino é o Benjamin Select Malbec, ótimo para aqueles que gostam de um tinto frutado e de médio corpo. Elaborado pela Nieto Senetiner, este rótulo passa entre 3 e 6 meses em barrica, o que confere as notas de baunilha. Pode ser degustado sem acompanhamento, mas também combina com queijos Emmental, Gouda e Provolone.

Para fechar as dicas, o chileno Santa Carolina Gran Reserva Cabernet Sauvignon. Produzido com uvas oriundas do Vale do Maipo, apresenta intensos aromas de frutas como framboesa e mirtilo, com toques de especiarias, chocolate e baunilha, resultado dos 12 meses que estagia em barricas de carvalho francês e americano. É seco, encorpado, de taninos macios e final longo. Massas com molhos encorpados, carnes vermelhas grelhadas e queijos maturados, como Parmesão e Edam, são algumas das combinações que ficam excelentes.
 Preços sugeridos em Curitiba:
Château Caronne Ste. Gemme: R$157,90
Château Reynon: R$129,90
Don Nicanor Blend: R$118,90
Benjamin Select Malbec: R$47,90
Santa Carolina Gran Reserva Cabernet Sauvignon: R$107,90
Em Curitiba, onde encontrar:
Casa Fiesta, Adega Brasil, Armazem 71 e Tinto Wine (www.tintowine.com.br)
Fotos: Divulgação.

Comentários