Pausa nas filmagens de "Águas Selvagens" para passeio de trem

Elenco e equipe de produção do longa-metragem “Águas Selvagens” estiveram na Litorina de Luxo, da Serra Verde Express, no último domingo (dia 22). O passeio de trem pela Serra do Mar Paranaense foi o programa escolhido para o primeiro dia de folga do grupo que está em filmagem, em Curitiba, desde 15 de julho.
 O filme, uma coprodução entre Brasil e Argentina, tem nos papeis principais o ator Roberto Birindelli e as atrizes Mayana Neiva e Leona Cavalli. O elenco conta também com os argentinos Juan Manuel Tellategui, Mario Paz, Daniel Valenzuela e Mausi Martinez; o uruguaio Nestor Nuñez; os brasileiros Allana Lopes, Luiz Guilherme, Hélio Cícero, Giuly Biancato, entre outros.
“Águas Selvagens” é produzido por Rubens Gennaro e Virginia Moraes, da Laz Audiovisual, empresa de Curitiba responsável pela realização de filmes como “Oriundi” (de 2000, estrelado por Anthony Quinn) , “Cafundó” (2005) e “Anita e Garibaldi” (2013). A direção é do argentino Roly Santos, experiente nome da atual geração de cineastas do país, que dirigiu filmes de ficção, documentários e séries como “Hola India” (2014), “Manos unidas” (2012) e “Crisol” (2011), além do inédito “Dedalo”. A história de “Águas Selvagens” é uma trama policial adaptada do romance “El Muertito”, do autor, roteirista e diretor argentino Oscar Tabernise, que também assina o roteiro.
As filmagens acontecem até 15 de agosto e a previsão de lançamento comercial é para 2020. Na foto acima: Mausi Martínez, Roberto Birindelli, Mayana Neiva e Juan Manuel Tellategui . crédito: divulgação 

Comentários