26ª Avaliação Nacional de Vinhos Safra 2018

 Vinícolas têm até 06 de julho para inscrever amostras da Safra 2018
Vai começar a maratona. A maior avaliação de vinhos de uma mesma safra do mundo já está em processo de elaboração. Vinícolas de todo o Brasil têm até o dia 06 de julho para inscrever suas preciosidades da Safra 2018 na 26ª Avaliação Nacional de Vinhos, o mais importante evento do setor vitivinícola brasileiro, reconhecido por enólogos e formadores de opinião do mundo inteiro. Regulamento e ficha de inscrição estão disponíveis no site www.enologia.org.br. O evento é uma promoção da Associação Brasileira de Enologia (ABE).
 Espelho da qualidade e diversidade da produção nacional, a Avaliação vem guiando a vitivinicultura brasileira servindo de termômetro para novos investimentos, seja no vinhedo, seja na vinícola. Este ano, com uma safra de grande desempenho, entre as melhores de todos os tempos, a expectativa é grande. O presidente da ABE, enólogo Edegar Scortegagna, acredita que o mercado vai poder degustar vinhos brancos e tintos, além de espumantes de alto nível de qualidade. “A natureza fez a sua parte e os enólogos brasileiros entraram em ação, contribuindo com conhecimento e sensibilidade. Acreditamos que esta Avaliação será um espetáculo de grandes vinhos”, destaca.
As vinícolas podem inscrever vinhos de variedades vitis vinífera, secos, 100% varietais, da safra 2018, pertencentes a um lote representativo de pelo menos 4 mil litros. Esta é a primeira etapa da Avaliação. A perspectiva dos organizadores é que a 26ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2018 reúna amostras de diversas regiões produtoras do país, evidenciando a pluralidade de estilos geradas pelos variados terroirs.
Em 25 safras, a Avaliação Nacional de Vinhos já apreciou 5.857 amostras e reuniu 16.367 degustadores. O evento é reconhecido por sua proximidade com a cadeia produtiva da uva e do vinho, contribuindo para que a produção do vinho brasileiro evolua em qualidade, tecnologia e reconhecimento.
Coleta de amostras – segunda etapa
Encerradas as inscrições, a Associação parte para a segunda etapa: a coleta de amostras, prevista para começar dia 16 de julho. Este processo é feito por um funcionário da Embrapa e/ou membro da diretoria da ABE, que percorre o Brasil, passando por cada vinícola participante. As amostras são retiradas dos tanques, recipientes ou lotes de barricas. Para os vinhos já engarrafados, são solicitadas vistas do estoque para conferir se o volume condiz com as regras.
A terceira etapa envolverá cerca de 100 enólogos brasileiros, que participarão da Degustação de Seleção no Laboratório de Análises Sensoriais da Embrapa Uva e Vinho, durante o mês de agosto. Às cegas, eles avaliarão cada amostra e o resultado somente será anunciado no dia 29 de setembro, no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, quando cerca de 900 apreciadores conhecerão a relação dos 30% mais representativos em cada uma das cinco categorias. O público poderá, ainda, degustar 16 amostras selecionadas, provando na taça a representatividade da Safra 2018. As inscrições para os apreciadores abrem somente no início de setembro.
 CATEGORIAS DE AMOSTRAS


CATEGORIA I
BRANCOS FINOS SECOS NÃO AROMÁTICOS
Elaborados a partir de variedade branca vinífera não aromática, conforme grupos:
Grupo A: Vinhos de variedade Chardonnay
Grupo B: vinhos de outras variedades não aromáticas
CATEGORIA II
BRANCOS FINOS SECOS AROMÁTICOS
Elaborados a partir de variedades brancas viníferas aromáticas.




CATEGORIA III
TINTOS FINOS SECOS
Elaborados a partir de qualquer variedade tinta vinífera.
 CATEGORIA IV
TINTOS FINOS SECOS JOVENS
Elaborados a partir de qualquer variedade tinta vinífera, devendo ter um Índice de Polifenóis Total máximo de 50.





CATEGORIA V
VINHO BASE PARA ESPUMANTE
Elaborado a partir de qualquer variedade vinífera, sendo permitido o corte de variedades diferentes.




Fotos: Márcia Toccafondo

Comentários