Escritora Martha Medeiros lança livro amanhã em Curitiba

A escritora Martha Medeiros, que eu adoro,  lança sua nova obra “Quem Diria Que Viver Ia Dar Nisso” (ed. L&PM, 232 pág., R$ 39,90), participa de um bate-papo com o público e autografa o livro, amanhã (dia 25), às 19h30, na Livrarias Curitiba do Shopping Palladium [av. Pres. Kennedy, 4121, Portão, Curitiba-PR, tel. 41-3330-6749]. A entrada é franca e o atendimento será feito pela ordem numérica das senhas que estão sendo distribuídas na loja.

Real e imaginário
A obra de crônicas é uma espécie de diário poético [ou profético] em que a autora mistura memórias e histórias – as reais e as ficcionais. São textos que escancaram e são descarados. Dão a cara para bater ao falarem de aborto, de arte, de assédio. Mas que, por mais despudorados que sejam, são repletos de amor, humor, calor humano.
Isso porque Martha respira cada palavra que escreve, fazendo delas a matéria viva de sua existência. Nas mais de cem crônicas – pequenos fragmentos cotidianos – ela parece ser aquela amiga que está sempre por perto ou a irmã com a qual temos mais afinidade.
Exagero? Talvez... Mas o que seria da vida sem fantasia? Sem a possibilidade de pularmos corda em pleno espaço sideral como um homem das estrelas orbitando em uma música ao longe? Para Martha, com certeza, não teria a menor graça. Porque viver, quem diria, é isso.
Perfil
Martha Medeiros é jornalista e uma das mais importantes escritoras brasileiras, autora de best-sellers e recebeu diversos prêmios. Sua obra inclui ainda contos, romances, histórias infantis e crônicas de viagem.
É colunista dos jornais Zero Hora e O Globo e colabora em outras publicações. Seus textos já foram adaptados com sucesso para o teatro, cinema e televisão.
É autora de obras como Trem-BalaDoidas e Santas Feliz Por Nada. Seu romance Divã virou peça de teatro, com Lilia Cabral no papel principal.
 Fotos: Divulgação.

Comentários