Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos em geral, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

18 de novembro de 2016

Na rota das vinícolas portuguesas: João Portugal Ramos

"Ser a referência de vinhos portugueses a nível mundial conferindo identidade a vinhos diferentes e acessíveis em que o consumidor confia" é um das visões do enólogo João Portugal Ramos, do Alentejo, Portugal, desde 1992. A belíssima vinícola em Vila Santa, Estremoz, fez parte do nosso roteiro de Portugal e Lisboa, na ótima companhia das importadoras Porto a Porto e Casa Flora, representantes da João Portugal Ramos para o Brasil. Em uma visita histórica para todos, conferimos os belos e bem cuidados vinhedos, brindamos a vida e a oportunidade com os excelentes vinhos da casa e nos encantamos com as paisagens entonteantes de Vila Santa e de Estremoz. A João Portugal Ramos cresceu e hoje já está em cinco regiões portuguesas: Alentejo, Tejo, Beiras, Douro e Vinho Verde. Gratificante poder conhecer um pouco do muito que esta vinícola oferece. Fotos por Márcia Toccafondo.
 Honradamente, eu com o enólogo João Portugal Ramos, um dos feras responsáveis pelo grande sucesso na produção dos saborosos vinhos portugueses. Ao longo dos anos, João Portugal Ramos acumula muitos prêmios nacionais e internacionais, colocando seus vinhos na rota dos vinhos top portugueses.
Foto padrão entre as barricas de carvalho não poderia faltar.
João Portugal Ramos Filho foi o anfitrião para nos mostrar o processo de produção e as instalações da vinícola em Vila Santa. O filho segue os mesmos passos do pai na elaboração dos vinhos, levando o bom nome da vinícola mundo afora.
 Momento descontraído em frente aos vinhedos: Márcia Toccafondo, Roberta Chies, Simone Meirelles, Gilza Severo, Miguel Martins, da João Portugal Ramos, Thais Carvalhal, Camila Podolak, Juliana Costa, Marian Guimarães, Elis Cabanilhas Glaeser, João Portugal Ramos Filho e as irmãs Fabi e Rafa Cunha.
Logo ao chegarmos, degutamos os excelentes rótulos da João Portugal Ramos, entre eles, Marquês de Borba, Quinta da Viçosa, Vila Santa, Loios, Estremus, Pouca RoupaDuorum e Tons de Duorum.
O vinho Pouca Roupa (sobrenome de uma família portuguesa) lançado há pouco tempo pela João Portugal Ramos tem roupagem com pegada moderna, jovem e linda. E o vinho é feito pensando em agradar o público jovem que cada dia mais, escolhem o vinho para compartilhar de bons momentos. O Pouca Roupa ainda não chegou ao Brasil, mas logo deve chegar, já que tem essa pegada tropicaliente do nosso país. Que dirá o Rio de Janeiro, onde até comentamos entre o grupo, que seria o vinho queridinho dos cariocas. Pudemos prová-lo na degustação.  O Pouca Roupa também tem rótulos de brancos (Sauvignon Blanc, Verdelho e Viosinho), rosés (Aragonês, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon) e tinto, produzido com as castas Alicante Bouschet, Alfrocheiro e Touriga nacional. Vinhos aromáticos, saborosos e com preços que cabem no nosso bolso.
Conferindo de perto o processo de engarrafamento do vinho, vedação das rolhas e colocação dos rótulos. Produção em série espetacular!
A Vinícola produz o Duorum que em latim significa “de dois”, produzido pelos renomados enólogos João Portugal Ramos e José Maria Soares Franco, dedicado ao Douro e trazidos para o Brasil pelas importadoras Casa Flora e Porto a Porto. Vinhos muito apreciados e de ótimo custo.
A mesa arrumada com todo capricho e com serviço de primeira, tudo lindo! Na João Portugal Ramos você pode escolher o melhor dia para visitar e a harmonização dos pratos típicos com os vinhos da casa.
 Entrada: folhado de queijo com saladinha, harmonizado com o Pouca Roupa rosé, seguido do creme de cação com coentro. Em Portugal come-se muito coentro e eu gosto muito.
 Prato principal: o melhor arroz de pato que já comi, e olhe que já provei vários!. Para harmonizar bebemos o elegante e poderoso alentejano Vila Santa Reserva, delicioso, com sabores de frutos negros e maduros e especiarias. Uma explosão de aromas e sabores.
Para a sobremesa. frutas picadinhas no maior capricho, pudim dos deuses, bolo de queijo português e tábua de queijos portugueses e franceses com geléias. Delícia!!
Roberta Chies, Márcia Toccafondo, Thiago Torres e Gilza Severo.
rOB
HHhumm... saudades de tantos sabores de Estremoz. Na foto, eu sendo flagrada comendo uvas docinhas dos vinhedos da João Portugal Ramos, por Gilza Severo.

Nenhum comentário: