Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos em geral, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

16 de junho de 2016

Marqués de Tomares, pela Porto a Porto, um vinho para chamar de meu

Já dizia Fernando Pessoa - meu poeta preferido - que "Boa é a vida, mas melhor é o vinho". Como não concordar com ele? Mas eu acrescentaria que "boa é a vida, mas muito melhor com bons vinhos". Degustar um vinho em ótimas companhias, saboreá-lo e submetê-lo aos nosso sentidos, é bom demais! Beber hedonisticamente, pelo simples prazer de beber, ou numa degustação analítica (análise visualolfativa e gustativa) atentando para todos as emoções e sensações que o vinho pode nos proporcionar, é muito prazeroso! E hoje, quinta-feira, 16 de junho, fomos degustar os vinhos aromáticos e saborosos da bodega familiar de Rioja (nordeste da Espanha), Marqués de Tomares, na companhia agradável e muita simpática do proprietário da vinícola, Oscar Montaña. Os vinhos foram harmonizados com a excelência dos pratos do restaurante Durski, com os aromas e sabores com a assinatura irretocável da importadora Porto a Porto. Fotos por Márcia Toccafondo.
Leandro Lorca, diretor do Madero, o proprietário da vinícola de Rioja, Marqués de Tomares, Oscar Montaña e Camila Podolak, da importadora Porto a Porto.
 Vinhos degustados durante o almoço: o refrescante espumante Cava Don Román Brut, seguido dos tintos Marqués de Tomares Reserva, MT Selección de la Familia e Marqués de Tomares Gran Reserva.
 Elis Cabanilhas Glaser, Camila Pololak, Rodrigo LinneOscar Montaña, Márcia Toccafondo e Andréa Sorgenfrei.
  Camila PololakOscar MontañaMárcia Toccafondo. 
 O consultor de vinhos Flávio Bin, da Porto a Porto, com o chef Júnior Durski. 
Leve e refrescante, o espumante Cava Don Roman Brut, é sempre uma boa pedida. Produzido pela família Montaña pelo método tradicional (champenoise), agrada aos diversos paladares, de fácil harmonização e com ótimo custo-benefício.
O gastronômico e delicioso vinho MT Selección de la Familia, é produzido na nova bodega da família Montaña, na região espanhola Ribera del Duero (Castilla y León). Degustamos o 2011, e gostei muito. Feito com 90% de Tempranillo, uva autóctone mais plantada e aprovada da Espanha, 10% Cabernet Sauvignon, 14 meses em barrica de carvalho francês (100%). Importado pela Porto a Porto e Casa Flora. Para acompanhar todo esse sabor, aroma e robustez foi servido Leitão na panela de ferro servido com polenta cremosa.

Para acompanhar a Torta quente de banana com merengue , foi servido o Château Doisy Daëne Sauternes, do renomado e premiado enólogo Denis Dubourdieu, seguido do cafezinho com delíciosas tortinhas para acompanhar. HHummm!!


Eu, como sou grande apreciadora dos vinhos da Marquês de Tomares, comentei com Oscar que adoro a sua marca MT com a coroa em cima e que costumo guardar todas as rolhas da Tomares dos vinhos que bebo. Disse também que poderia ser a minha marca (MT = Márcia Toccafondo). Tietei e pedi um autógrafo no contra-rótulo e que Oscar Montaña, prontamente e carinhosamente, autografou:"Para una de las grandes MT del mundo". Obrigada! Adorei!!

Nenhum comentário: