Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos em geral, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

11 de maio de 2016

“Programa Juntos! - Intercâmbio Japão-América Latina e Caribe”

O governo Japonês investe na aproximação com o Brasil e a
embaixada japonesa leva comitiva de empresários e especialistas para Tóquio, vislumbrando uma série de potenciais intercâmbios. Com o intuito de firmar esta parceria lançaram o “Programa Juntos! - Intercâmbio Japão-América Latina e Caribe”. No Brasil, uma das ações recentes deste programa foi a viagem de uma comitiva composta de 29 empresários e especialistas para as cidades de Tóquio, Hiroshima e Yokohama, com palestras e encontros com autoridades japonesas. O país oriental tem feito uma série de ações focadas nesta relação, como as EPA’s - Acordos de Parceria Econômica, Intercâmbios de Estudantes, leis que regulamentam negócios com o país e viagens de representantes em nosso continente. Para o empresário paranaense Helton Parizotto, representando a Fecomércio-PR, a experiência contribuiu para entender a operação das empresas japonesas, assim como seus diferenciais competitivos. "Conseguimos perceber a cultura oriental se manifestando de diversas formas, como a hospitalidade, a educação nos pequenos gestos, no comprometimento e foco ao fazer negócios. No que tange a indústria, percebemos processos muito bem definidos e que são perfeitamente bem executados, mas sempre buscando a técnica japonesa da melhoria contínua. Do ponto de vista cultural, a viagem também foi muito enriquecedora. O grupo pode vivenciar na cidade de Hiroshima a capacidade de união e reconstrução, algo que fortalece ainda mais os laços do povo japonês" afirma. O Japão se desenvolveu de forma isolada e independente e hoje, aberto ao mundo, tem muito a oferecer. Assim, o país-sede das olimpíadas 2020 continua escrevendo sua história reforçando avanço e desenvolvimento. Na foto, o empresário Helton Parizotto representando a Fecomércio-PR, com o Vice-Ministro das Relações Exteriores do Japão Hitoshi KikawadaCrédito: Divulgação.

Nenhum comentário: