Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos em geral, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

26 de janeiro de 2016

Dia Nacional da Visibilidade Trans em Curitiba

Nesta sexta-feira (29), travestis e transexuais fazem na Boca Maldita, em Curitiba, um ato público pelo Dia Nacional da Visibilidade Trans. O evento vai das 10h às 17h e é organizado pelo Transgrupo Marcela Prado, em parceria com o Grupo Dignidade, tradicionais coletivos de promoção de direitos da população LGBT na cidade. O objetivo é promover os direitos humanos, o respeito à identidade de gênero e a busca do direito à vida sem preconceito e discriminação.  As pessoas trans são as principais vítimas da violência entre a população LGBT no país. O último Relatório de Violência Homofóbica publicado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República aponta que grupos de travestis e transexuais são os mais suscetíveis à violência, que se expressa através de injúrias, agressões físicas e psicológicas e assassinatos, todos os dias.
A psicóloga do Trans Grupo Marcela Prado, Thayz Ataíde, explica que é essencial esclarecer o que é ser uma pessoa trans. “Precisamos combater o preconceito gerado pela desinformação, mostrando que as trans são cidadãs e parte integrante da sociedade. São estudantes, funcionárias públicas, cabeleireiras, professoras, que querem conviver em harmonia com a sociedade”. O ato na Boca Maldita terá diversas atividades durante todo o dia, serão realizadas enquetes sobre o que é ser trans, haverá mostra de fotos e a presença da equipe do Projeto Jurídico de Direitos Humanos LGBT. Na data, a ONG também recolherá doações de roupas, alimentos e materiais de higiene. (Foto: Divulgação)

Nenhum comentário: