Quem sou eu

Minha foto
Este blog nasceu em fevereiro de 2008, para postar eventos, assuntos referentes ao universo da moda, beleza, gastronomia e vinhos.

6 de setembro de 2014

Viña Santa Carolina e os aromas e sabores diferenciados do Chile...

Fomos em 11 mulheres, 8 de Curitiba e 3 de Porto Alegre, entre jornalistas, colunistas e blogueiras, para conhecer a convite das Importadoras Porto a Porto e Casa Flora, os vinhedos e a produção da Viña Santa Carolina,  e da bodega boutique Viña Casablanca, ambas da holding Carolina Wine Brands, no Chile. História, tradição, qualidade e dedicação que somam 137 anos de produção e comercialização de excelentes rótulos para o mundo. Tudo sob as bençãos das Cordilheiras dos Andes. Na foto acima com a equipe de recepção da Santa Carolina: Lela Zaniol, Camila Podolak, Marian Guimarães, Marina Cotovicz, Elis Cabanilhas Glaser, Bete Duarte, Jussara Voss, Márcia Toccafondo, Sabina Fuhr, Deise Campos e Cintia Peixoto. Delícia de encontro!!  Fotos por Márcia Toccafondo.
Belo caminho que nos leva à Vinícola.. não resisti, fotografei e fui feliz! 
Chegando para a primeira visita.
 Júlio Pérez Del Rio nos anfitrionou e falou sobre a Viña Casablanca, no Valle de Casablanca. A vinícola produz uvas de clima frio, como a Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Syrah, e que devido ao clima excelente, amadurecem lentamente, produzindo vinhos mais aromáticas e com mineralidade especial em nariz. Os vinhedos formam um conjunto perfeito de videiras e solo especial granítico.
Cabernet Sauvignon da Viña Casablanca…hhhmmmm!!  Vinho de linda cor vermelho rubi com reflexos violáceos, gostinho de especiarias e frutas negras, e um leve gosto de café. Até me inspirei para a foto.




Vinhas de 70 anos e de tão bela, não perdi a foto…(Foto: Sabina Fuhr).
O perfeito terroir do Valle de Casablanca produz boas uvas e consequentemente, bons vinhos. Degustamos o concentrado e elegante Neblus Syrah e é uma sensação em aromas e sabores.  A linha Nimbus, é uma homenagem as névoas que cobrem os vales do Chile a cada manhã e que protegem os vinhedos e os nutrem de água e identidade. Vinhos frutados e cheios de frescor, ideias para se degustar em dias quentes.
 Muito frio por lá, mas valeu cada minuto...


Da esq. para a dir.: Cintia Peixoto, Deise Campos, Jussara Voss, Márcia Toccafondo e Elis Cabanilhas Glaser.

Nimbus Chardonnay e Sauvignon Blanc.
Nimbus Gewürztraminer… frescor dos frutos, aromático e saboroso para acompanhar aperitivos e frutos do mar.
Camila Podolak, Deise Campos e Cintia Peixoto.

Tratamento vipérrimo regado a muitos aromas e sabores… adoramos!! 
 Visual encantador das vinhas, mesmo ainda sem florescer. Nesta época, as videiras estão adormecidas para acordar na próxima temporada, e para brotar, necessitam de muitas horas de frio e de calor. Em Casablanca o clima é perfeito, as uvas amadurecem preguiçosamente. A colheita é tardia. As videiras acima são de Cabernet Sauvignon, carro chef da vinícola.
Foto: Sabina Fuhr.


E chegamos na belíssima Viña Santa Carolina que produz vinhos deliciosos com as uvas Cabernet Sauvignon, Carmenerè, Merlot, Sauvignon Blanc, Chardonnay, Pinot Noir e Syrah. Santa Carolina é parte da história vitivinícola do Chile, produz 30 produtos diferentes e degustamos 12 dos belos rótulos. A maior produção da casa é o Cabernet Sauvignon, seguido pela Carmenère, Merlot, Chardonnay e Sauvignon Blanc, Syrah e Pinot Noir, com pequena produção, mas de muita qualidade. Vinhos especiais com personalidade e estilos próprios.
A Adega Nova de Santa Carolina, de 1875, é conhecida como a Catedral do Cabernet Sauvignon no Chile. Foto: Sabina Fuhr.
 Nessas enormes barricas francesas habitam uma preciosidade chilena, o aromático, saboroso, complexo, encorpado e a expressão maior de seus frutos: o Herencia Carmenère.  foto: Sabina Fuhr.
O Herencia é o vinho ícone de Santa Carolina e expressa a elegância das uvas Carmenère, de cor belíssima rubi intensa, aromas complexos de frutos roxos e frescos combinados com notas de cedro e baunilha. Em boca é potente e com grande concentração de frutas. Possui taninos de alta qualidade e persistentes. Me encantei! 
Na vinícola Santa Carolina pudemos conhecer um pouquinho sobre as uvas cultivadas com o capricho da vinícola.
A recepção e a atenção para conosco foram impecáveis!

Provamos o vinho orgânico Santa Carolina Ekun Cabernet Sauvignon, que é produzido com foco na sustentabilidade e no meio ambiente. Agradável aroma de frutos negros como amoras e cassis. No paladar, ótima concentração com notas de tostado e baunilha e de final complexo. Continuando as degustações chegamos a coleção especial da Santa Carolina, a série Specialties, com 6 rótulos de uvas Mourvèdre, Malbec, Carignan, Sauvignon blanc, Chardonnay e Syrah. 

Cada rótulo da linha Reserva, tem um Vale específico que destingue o vinho. O  Chardonnay e o Pinot Noir > Casablanca Estate, Sauvignon Blanc > Leyda Valley, Carmenère > Cachapoal Estate, Merlot >  Colchagua Estate, Syrah > Rapel Estate, Cabernet Sauvignon >  Colchagua Estate.



 Martin Barros, Gerente de Exportação Latinoamérica, da Carolina Wine Brands, com a jornalista Deise Campos e Camila Podolak,  da Porto a Porto.
Márcia Toccafondo e Marina Cotovicz, com Marian Guimarães e Camila Podolak (sentadas).
De Porto Alegre: Bete Duarte, Lela Zaniol e Sabina Fuhr.
Elis Cabanilhas Glaser com Márcia Toccafondo.
Marina Cotovicz, Jussara Voss, Márcia Toccafondo e Cintia Peixoto.. Timtim!! 

A Adega Nova de Santa Carolina, de 1857, para vinhos Reserva, é um show à parte. Maravilhosa!! 


Construção fantástica e cheia de belas e deliciosas histórias.

Júlio Pérez Del Rio e Alejandro Wedeles, winemaker da Carolina Wine Brands.
 Meus agradecimentos a Porto a Porto e Casa Flora e a Vinã Santa Carolina pela feliz oportunidade de conhecer e presenciar tanta beleza e capricho. TimTim!! 

Um comentário:

Wil Blender disse...

Poxa! fiquei foi com uma vontade de comer.